Sancel
26.4.21

Suspeito de assassinar jovem no Rangel está desaparecido e polícia suspeita que ele tenha sido executado

 De acordo com eles, a comprovação de que Jonas era mesmo quem estava na moto veio com a entrega por parte da mãe dele da camisa que ele estava usando no dia em que cometeu o crime. ​

O executor do crime que vitimou o jovem Daniel Morais, de 23 anos, no Roger, já foi identificado como Jonas Lima dos Santos. As delegadas de homicídios de João Pessoa, Emília Ferraz, Luísa Correia Lima, e o superintendente da Polícia Civil na Capital, Luciano Soares, disseram em entrevista coletiva concedida na manhã desta segunda-feira (26), na Central de Polícia, que a família do executor confirmaram o desaparecimento.

Daniel de Morais foi morto a tiros em plena luz do dia, por volta das 12h30 do dia 24 de fevereiro de 2021, quando estava sentado na frente de sua casa, no bairro do Rangel. Ele não tinha antecedentes criminais e era um jovem que trabalhava vendendo picolé para ajudar a mãe nas despesas da casa.

O suspeito chegou em uma moto, disparou contra ele e fugiu. Ainda não se sabe a motivação do crime, mas uma das linhas de investigação aponta para crime passional. Sobre o desaparecimento de Jonas Lima dos Santos, a Polícia recebeu informes de que ele teria sido morto por membros de uma organização criminosa do bairro do Rangel, que ficaram revoltados com a morte de Daniel, por ele ser inocente, e então resolveram se vingar, mas essa informação ainda está sendo apurada pela Polícia.

De acordo com eles, a comprovação de que Jonas era mesmo quem estava na moto veio com a entrega por parte da mãe dele da camisa que ele estava usando no dia em que cometeu o crime.  

Os investigadores explicaram que o suspeito está sendo procurado, mas ainda está desaparecido e pode ter sido assassinado. A família apresentou um Boletim de Ocorrência registrado pelo pai de Jonas no dia 29 de março, informando que ele havia saído de casa no dia 26, ou seja, dois dias após o crime, e até o momento não retornou. 

“Como existe um BO de desaparecimento da pessoa de Jonas Lima dos Santos, então o caso continua sob investigação pela Delegacia de Crimes contra a Pessoa da Capital. Agora é ele procurado por ser suspeito de ter matado Daniel e também porque existe um registro da Polícia sobre o seu desaparecimento”, explicou a delegada Emília Ferraz.

O superintendente, Luciano Soares fez um apelo à população para colaborar com a Polícia no sentido de localizar Jonas. “É importante que a população repasse qualquer tipo de informação que possa levar ao criminoso. Quem souber informações sobre Jonas pode fazer uma denúncia anônima através do número 197 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita e sigilosa e todas as informações serão investigadas pela Polícia Civil”. 

Por ClickPB

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Suspeito de assassinar jovem no Rangel está desaparecido e polícia suspeita que ele tenha sido executado Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco