Sancel
29.4.21

Perilima segura o Botafogo-PB no Amigão em jogo pelo Paraibano

 Na tarde de quinta-feira, Perilima e Botafogo-PB, em situações distintas, se enfrentaram no estádio Amigão, em Campina Grande, pela terceira rodada do Campeonato Paraibano de 2021. Em um jogo com muitos cartões e um pênalti polêmico para cada lado, a partida acabou empatada por 2 a 2.

Com o empate, o Botafogo-PB segue na ponta da tabela com 7 pontos, dois a mais que o vice-líder São Paulo Crystal, seu próximo adversário, na quarta-feira (05), no Almeidão. A Perilima chega a seu segundo ponto no Paraibano, e vai para a sexta posição. A Águia volta a campo no sábado (08), quando vai pegar o Campinense, no Amigão.

O primeiro susto do jogo aconteceu aos 6 minutos. Com o Botafogo-PB marcando em cima, a Perilima recuou a bola para o goleiro Isaías, e Welton Felipe apertou para tentar roubar a bola e quase conseguiu. O arqueiro deu um chutão no atacante, a bola subiu, e por pouco Clayton não aproveitou para pegar a sobra.

E em outra roubada de bola no ataque, dessa vez foi a Águia de Campina que assustou. Rodrigo Ramos bobeou na saída por dentro, Fábio Lima roubou a bola e chutou na saída de Felipe, que conseguiu desviar a bola para escanteio.

Em nova saída errada da defesa, aos 15 minutos, dessa vez com Samuel, Fábio Lima roubou a bola, fez jogada individual pela esquerda e cruzou para a pequena área, onde Peixeiro apareceu sozinho para escorar de direita e abrir o marcado para a Águia de Campina. Este foi o primeiro gol sofrido pelo Belo no estadual, e também desde que o treinador Gerson Gusmão assumiu a equipe.

Pouco tempo depois, aos 18 minutos, Welton encontrou Clayton na área, o meia tocou para o meio e Juninho bateu livre, de frente para o gol, mas desta vez Isaías fez ótima defesa e evitou o empate.

Tentando pressionar mas sempre passando perrengue nos contra-ataques, o Belo precisou da arma de sempre para empatar o jogo. Aos 34 minutos, Marcos Aurélio cobrou escanteio da esquerda e Willian Machado desviou de cabeça para deixar tudo igual no Amigão.

Segundo tempo

Depois do intervalo, a partida tinha o mesmo panorama. O Belo tentava marcar na frente para pressionar, mas sempre que chegava na frente, a Perilima era quem criava perigo contra uma sonolenta defesa botafoguense.

Logo aos 5 minutos, Fábio Lima recebeu na esquerda e bateu cruzado para o meio. A bola atravessou toda extensão da pequena área, mas ninguém tocou nela para empurrar para o gol. Ainda assim, assustou a meta do goleiro Felipe.

Apenas em bolas paradas o Botafogo-PB se assanhava. Aos 11 minutos, Marcos Aurélio cobrou escanteio da direita, a bola foi desviada no primeiro pau e Samuel deu um sem-pulo, de primeira, e mandou no canto direito de Isaías, que espalmou para escanteio.

Aos 15 foi a vez da Perilima chegar em escanteio. Dudu Paraíba cobrou da esquerda, a defesa tentou afastar, mas a bola ficou no pé de Jordan, que bateu meio sem jeito, de direita, e Juninho, em cima da linha, conseguiu evitar o pior para o torcedor botafoguense.

As chegadas na frente eram raras, e apenas aos 30 outra finalização perigosa. Após rebote do escanteio, o volante Pablo pegou o rebote na intermediária e bateu cruzado, de direita, no canto direito do arqueiro Isaías, que teve que se esticar todo para evitar a virada do Botafogo-PB.

Aos 35, Roniel cobrou falta na área e João Vitor, que tinha acabado de entrar, tentou cortar, mas caiu com o braço aberto em ima da bola e o árbitro Douglas Magno apontou pênalti. Na cobrança, aos 37, o próprio Roniel foi para a cobrança e mandou no meio do gol, sem chance para o arqueiro da Águia, que pulou para a direita, virando o jogo para o Belo no Amigão.

Mas no minuto seguinte, Bruno Menezes bateu o braço no rosto de Bruno Corrêa, e o juiz apontou pênalti para a Perilima. Além disso, deu o segundo amarelo para o volante botafoguense, o expulsando da partida.

Aos 40 minutos, Dudu Paraíba foi para a bola e mandou no canto esquerdo de Felipe, que pulou para o outro lado, empatando novamente o jogo.

Já perto do apito final, aos 43 minutos, Roniel fez ótima jogada individual pela esquerda, passou por dois marcadores e, na entrada da pequena área, chutou de direita, em cima do goleiro da Águia, que fez grande intervenção.

Ficha técnica

Perilima 2 x 2 Botafogo-PB
1ª fase – 3ª rodada
Estádio: Amigão (Campina Grande)

Arbitragem: Douglas Magno apita o jogo, auxiliado por Paulo Ricardo Alves e Flávia Renally.

Gols: Peixeiro, Dudu Paraíba (P); Willian Machado, Roniel (B)
Cartões amarelos: José Werison, Vitinho, Peixeiro, Dudu Paraíba, Jordan (P); Bruno Menezes, Lucas Gabriel, Pablo, Felipe (B)
Cartão vermelho: Maurício Stronda (do banco de reservas) (P); Bruno Menezes (B)

Perilima: Isaías, Dênis (Everton), José Werison, Jordan, Dudu Paraíba; Ezequias (João Vitor), Renatinho, Vitinho; Maurício Stronda (Igor), Fábio Lima (Júlio César) e Peixeiro (Bruno Corrêa). Técnico: Dinho Silva.

Botafogo-PB: Felipe, Rodrigo Ramos, Samuel, Willian Machado, Lucas Gabriel; Bruno Menezes, Pablo (Rogério), Juninho (Kaio Wilker), Clayton, Marcos Aurélio (Roniel); Welton Felipe (Ramon Tanque). Técnico: Gerson Gusmão.

Paraíba Online  com VozDaTorcida

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Perilima segura o Botafogo-PB no Amigão em jogo pelo Paraibano Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco