Influenciador com 350 mil seguidores é preso na Baixada Fluminense suspeito de estuprar menina de 10 anos

 A delegacia de Itaguaí abriu um inquérito para apurar denúncia de que ele abusou também da irmã da vítima

Um influenciador digital foi preso, nesta segunda-feira, por policiais da 50ª DP (Itaguaí) por suspeita de estuprar uma menina de 10 anos. Contra Jonathan Santo Pimentel, que tem 34 anos e mais de 350 mil seguidores num aplicativo de vídeos, havia um mandado de prisão preventiva. Ele foi localizado na Avenida Abílio Augusto Távora, no bairro Cabuçu, em Nova Iguaçu.

De acordo com as investigações, Pimentel se aproveitava dos laços de amizade que tinha com a família da vítima e o fato de por vezes dormir na casa deles. Os estupros foram cometidos quando a menina tinha entre 7 e 9 anos e só pararam quando ela contou o que acontecia aos pais.

A partir do relato da vítima, uma irmã dela, hoje com 17 anos, se encorajou e revelou que também foi abusada pelo influenciador. Os estupros teriam ocorrido quando ela tinha 12 anos. A 50ª DP instaurou um novo inquérito para apurar essa segunda denúncia contra Pimentel.

O influenciador costumava postar vídeos de paródias. Num deles ele aparece fingindo chorar, como se estivesse preso, numa montagem com o banner da Polícia Civil de Tocantins.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.