Corregedoria da Polícia Militar da Paraíba abre procedimento para investigar policiais da reserva presos em Brasília

 Conforme trouxe o ClickPB, a tenente Onilda Patrícia e o sargento Rogério Caroca, constam na lista de paraibanos presos em Brasília. A lista foi obtida com exclusividade pelo portal.

A Corregedoria Auxiliar da Polícia Militar da Paraíba abriu na manhã desta sexta-feira (13) um procedimento disciplinar para apurar o envolvimento de servidores militares da reserva presos em atos antidemocráticos em Brasília. Conforme trouxe o ClickPB, o sargento Rogério Caroca e a tenente Onilda Patrícia, constam na lista de paraibanos presos na capital federal por participarem das ações. A lista foi obtida com exclusividade pelo portal.

 "Foi aberto um procedimento disciplinar, que vai apurar o fato em toda a sua extensão, mesmo eles sendo da reserva remunerada", diz trecho do comunicado enviado à imprensa pela assessoria de imprensa do órgão. Segundo apurou a reportagem, a tenente Onilda foi para a reserva remunerada no posto de major, já Rogério Caroca foi para a reserva na graduação de 2º sargento. Confira a íntegra da nota:

SOBRE OS POLICIAIS

A Corregedoria da Polícia Militar da Paraíba informa que foi aberto um procedimento disciplinar, que vai apurar o fato em toda a sua extensão, mesmo eles sendo da reserva remunerada. 

Corregedoria Auxiliar da Polícia Militar da Paraíba

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.