Polícia prende suspeito procurado a dez anos por assassinato na Paraíba

 Os investigadores obtiveram informações de que o foragido estaria de volta a Matinhas e passaram a monitorá-lo.

A Polícia Civil prendeu o homem investigado pelo assassinato de Melânia Galdino de Martins, crime cometido em 2012, na zona rural de Matinhas, na Paraíba. A prisão foi realizada nesta terça-feira (27), por policiais do Grupo Tático Especial (GTE) de Esperança e das delegacias de Lagoa Seca e Alagoa Nova.

À época dos fatos, Melânia tinha 16 anos de idade e namorava com o investigado, de 18 anos ao tempo do crime. Ele atirou na cabeça da adolescente durante uma suposta crise de ciúmes. Após o delito, ele fugiu para o estado da Bahia.

Os investigadores obtiveram informações de que o foragido estaria de volta a Matinhas e passaram a monitorá-lo. No começo da manhã, o investigado foi abordado e preso pelos policiais civis.

“É aquele tipo de caso que a gente sempre diz: a Polícia Civil não esquece o crime. Ele matou a menina e fugiu, mas nós demos continuidade ao Inquérito Policial e recebemos o mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Alagoa Nova. Quando ele voltou, não deu outra: foi devidamente preso como se o crime tivesse sido ‘ontem’. Agora, ele irá responder perante a justiça pelos seus atos”, disse o delegado seccional Cristiano Santana.

A prisão foi comunicada ao Poder Judiciário.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.