Homem de 69 anos é detido após tiroteio em Paris; três pessoas morreram

 Promotoria da cidade diz que há outros quatro feridos. Ainda não se sabe a motivação do crime.

Três pessoas morreram e pelo menos outras quatro ficaram feridas após um tiroteio no centro cultural curdo Ahmet-Kaya em Paris nesta sexta-feira (23), segundo a promotoria da cidade.

Um homem de 69 anos foi preso e está detido, acrescentou a promotoria. Ainda não se sabe o que motivou o crime.

Vários tiros foram disparados na rua d'Enghien, conhecida por pequenas cafés e lojas no 10º arrondissement no centro da capital. A polícia foi acionada e isolou a área.

"Houve um ataque com arma de fogo. Obrigado às forças de segurança por sua ação rápida", tuitou o vice-prefeito Emmanuel Gregoire. "Pensamentos para as vítimas e aqueles que testemunharam este drama."

Uma investigação sobre assassinato, homicídio culposo e violência foi aberta, também informou a promotoria de Paris.

Uma testemunha disse à agência de notícias francesa AFP que sete ou oito tiros foram disparados, criando grande confusão na rua.

Polícia é acionada após tiros no centro de Paris nesta sexta (23) — Foto: Reuters

Polícia francesa e bombeiros protegem uma rua depois que tiros foram disparados matando duas pessoas e ferindo várias em um distrito central de Paris, na França, nesta sexta, 23 de dezembro — Foto: Reuters

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.