Grupo bloqueia rodovia federal com pneus queimados e 'miguelitos' em SC: 'ato terrorista', diz PRF

 Caso ocorreu na BR-470, em Ibirama, na noite de quarta-feira (14). Outras duas interdições aconteceram no dia anterior em Balneário Camboriú e Palhoça. Ninguém foi preso.

Um grupo colocou fogo em pneus, jogou centenas de 'miguelitos' pela via e bloqueou um trecho da BR-470 em Ibirama, no Vale do Itajaí, na noite de quarta-feira (14). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirmou, em comunicado, que foi "informada que estava acontecendo ato terrorista" no trecho. Ninguém foi preso ou identificado.

Essa é a segunda vez que a PRF precisou recolher os artefatos, que são pregos retorcidos usados para furar pneus, espalhados nas rodovias. O primeiro caso ocorreu em 21 de novembro, quando o órgão emitiu uma nota afirmando que envolvidos em bloqueios ilegais usaram métodos terroristas e que lembravam black blocs.

A ocorrência de pneus queimados na noite de quarta aconteceu por volta das 20h30, no km 110. Uma viatura da PRF que se deslocava até o local do bloqueio encontrou os artefatos no km 116. Por 6 quilômetros, em velocidade baixa, os objetos foram sendo recolhidos.

No km 110, o Corpo de Bombeiros foi chamado e apagou o incêndio.

Grupo ateou fogo em rodovia de Santa Catarina na noite quarta-feira — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na terça-feira (13), dois trechos da BR-101 já haviam sido bloqueados durante a madrugada por bolsonaristas contrários aos resultados das eleições.

O primeiro caso ocorreu por volta da 0h20 em Palhoça, na Grande Florianópolis. Em Balneário Camboriú, no Norte, a interrupção aconteceu à 1h40.

Nesta quinta-feira (15), a Polícia Federal, cumpre 15 mandados de busca no Estado contra bloqueios de rodovias após a proclamação do resultado das eleições. Os alvos são apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) suspeitos de organizar atos em Santa Catarina e em outros locais do país.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.