Chuva de meteoros: assista momento em que Geminídeas tem pico de intensidade

 No Brasil, ela teve o melhor momento de visualização nesta quarta-feira e pode ser vista até o dia 24 de dezembro

A chuva de meteoros mais forte do ano acontece nesta semana e vai até o dia 24 de dezembro. A Geminídeas teve seu pico de intensidade na madrugada desta quarta-feira, às 2h, quando pôde ser vista com mais facilidade do Brasil, conforme informado pela American Meteor Society (AMS).

Segundo Robert Lunsford, membro da AMS, sob boas condições meteorológicas, é possível vermos de 30 a 40 meteoros em uma hora.

— Se você tivesse que definir uma [chuva de meteoros] como a melhor do ano, seria a Geminídeas. Normalmente, de uma área suburbana, sob boas condições, você provavelmente poderia ver de 30 a 40 meteoros em uma hora. —, disse ele.

A Nasa, no entanto, estipula um número três vezes maior. Com o céu claro e sem luzes “no caminho”, a Geminídeas pode ter cerca de 120 meteoros visíveis por hora, segundo a Instituição. Acontece que, de acordo com a AMS, a lua estará brilhando com 72% de intensidade, o que acaba atrapalhando a visibilidade da chuva de meteoros.

— Ainda vai ser uma boa chuva, mesmo com a lua. Encontre um céu decentemente escuro, encontre algo que bloqueie a lua, talvez um prédio ou uma árvore, e desvie o olhar da lua para o céu. —, garantiu Bill Cooke, especialista em meteoros da Nasa.

Ainda de acordo com a Nasa, a chuva Geminídeas é uma das melhores oportunidades para o surgimento de “bolas de fogo”, meteoros que são “mais brilhantes que o planeta Vênus”.

— Quando você vê um meteoro queimar na atmosfera da Terra, você está vendo algo que está no espaço há muito tempo. Do ponto de vista científico, ao estudá-lo, podemos aprender algo sobre o que compõe esses cometas. Para o observador casual, eles são belos fogos de artifício – chuvas de meteoros são fogos de artifício da natureza. —, concluiu Cooke.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.