Pizza de delivery chega com pano de chão sujo dentro da caixa

 A cliente contou, ainda, na postagem que, logo após perceber o pano na pizza, chamou o entregador e pediu o estorno do pagamento.

Rio — O que era para ser apenas um jantar gostoso terminou em trauma e decepção. Uma cliente pediu uma pizza de calabresa com cebola, mas levou um susto ao abrir a embalagem e encontrar um pano de chão por cima do produto, na noite da última quarta-feira (28). O relato e a imagem, divulgados em um grupo de moradores da Tijuca, na Zona Norte, viralizou rapidamente nas redes sociais. Na foto, é possível ver o pedaço de tecido na comida.

O restaurante onde foi realizado o pedido, o tradicional O Pinheirão da Vila, que fica em Vila Isabel, lamentou o ocorrido e explicou que o objeto era um pano usado em pia, que teria sido colocado na caixa por engano.

A cliente contou, ainda, na postagem que, logo após perceber o pano na pizza, chamou o entregador e pediu o estorno do pagamento.

Ao DIA, o restaurante informou que o incidente foi causado por um descuido do cozinheiro e que o pano não era usado para limpeza e sim para manejar formas quentes, e acabou indo parar em cima da pizza em um momento de desatenção.

Segundo Edilson Pereira, de 59 anos, um dos sócios do Pinheirão, nunca houve nenhum caso parecido em toda a história do restaurante e logo após o ocorrido, ele e outro responsável pelo estabelecimento procuraram a cliente para explicar a situação e pedir desculpas.

"A gente está aqui há mais de 30 anos e nunca aconteceu nada. Podem procurar, não teve nada de problema assim em todo esse tempo. Nós procuramos a cliente, que já era nossa freguesa há muito tempo, e conversamos com ela para explicar a situação e pedir desculpas. Não vai acontecer mais, estamos todos consternados. Eu e meu primo, que também é sócio, nem dormimos essa noite", explicou o empresário.

Edilson também contou que o restaurante possui todos os documentos de fiscalização necessários para funcionar. "Todos os documentos, alvará, certificado de fiscalização, atestado, tudo está em dia. Toda a nossa cozinha é limpa, seguimos os protocolos de higiene à risca. Convido a qualquer um que quiser entrar lá e ver. Estamos há muito tempo nesse ramo, temos clientes que estão conosco há muitos anos", afirmou o sócio.
Após o pedido de desculpas, a cliente apagou a publicação.

O que fazer nesses casos

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, caso o prato requisitado pelo cliente venha com algum "corpo estranho", é direito do freguês pedir o reembolso. Também cabe processo por danos morais, mesmo se não houver ingestão da comida, caso a pessoa se sinta lesada e decida procurar a Justiça.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.