Pesquisa aponta queda de até 5,76% no preço da gasolina no mês de setembro, em Campina Grande

 Este é o terceiro mês consecutivo de redução, após a redução do ICMS dos combustíveis. A pesquisa foi realizada em 52 postos de combustíveis do município, no último dia 6 (terça-feira).

O Procon de Campina Grande divulgou a pesquisa de combustíveis referente ao mês de setembro nesta segunda-feira (8). O levantamento aponta mais uma queda no preço dos combustíveis em relação ao mês de agosto, em especial no preço do litro da gasolina comum (5,74%) e aditivada (5,76%). Este é o terceiro mês consecutivo de redução, após a redução do ICMS dos combustíveis. A pesquisa foi realizada em 52 postos de combustíveis do município, no último dia 6 (terça-feira).

De acordo com o estudo do Procon-CG, o preço médio do litro de gasolina comum passou de R$ 5,320 (agosto) para R$ 5,015 (setembro), ou seja, sofreu uma redução de 5,74%; da gasolina aditivada passou de R$ 5,490 (agosto) para R$ 5,174 (setembro), ou seja, sofreu uma redução de 5,76%; o litro de etanol passou de R$ 4,590 (agosto) para R$ 4,051 (setembro), ou seja, sofreu uma redução de 11,75%.

Já o preço médio do litro do diesel comum nos postos de combustíveis campinenses passou de R$ 6,744 (agosto) para R$ 6,583 (setembro), ou seja, sofreu uma redução de 2,38%; o litro do diesel S-10 passou de R$ 6,839 (agosto) para R$ 6,723 (setembro), ou seja, sofreu uma redução de 1,70%. O único combustível que apresentou variação positiva foi o gás natural veicular (GNV), cujo valor do metro do produto passou de R$ 5,388 (agosto) para R$ 5,390 (setembro), ou seja, sofreu um aumento de 0,04%.

Segundo o coordenador do Procon Municipal, Saulo Muniz, a pesquisa elaborada pelo Procon-CG tem o objetivo de servir como referência ao consumidor na hora de abastecer seus veículos. O estudo traz não só os valores mensais dos produtos, mas estabelece uma análise comparativa em relação ao mês anterior, bem como aos preços praticados no ano anterior, no caso deste mês, o preço médio de cada combustível em setembro de 2021.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.