Mulher encontrada morta em Santa Rita alvejada por quatro tiros segue sem identificação; polícia investiga o caso

 O corpo estava nas terras de uma usina de cana de açúcar, próximo as margens da BR 230. A vítima foi encontrada ontem (19) já sem vida.

A mulher que foi encontrada morta em um canavial, na zona rural de Santa Rita, segue sem identificação, segundo a polícia civil. O corpo estava nas terras de uma usina de cana de açúcar, próximo as margens da BR 230. Segundo entrevista da delegada Josenise Gomes à imprensa, a vítima foi morta com no mínimo quatro disparos. 

"Não tinha documentos e não dá para evidenciar a causa da morte", declarou a delegada. Quando o corpo foi encontrado não havia sinais de violência sexual. Conforme apurou o ClickPB, a vítima teria uma tatuagem com o nome "Célia" no ombro esquerdo, além de uma outra tatuagem no braço direito com o nome "Renan". Ela possivelmente tinha mais de 30 anos, 

O caso segue sendo investigado pela polícia civil.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.