Polícia Civil apreende adolescente envolvido no assassinato de policial em Soledade

 A ação faz parte da quarta fase da Operação Rastros, criada especificamente para investigar o latrocínio contra o policial penal.

A Polícia Civil da Paraíba apreendeu ontem (29), um adolescente de 16 anos de idade, envolvido diretamente no assassinato de um policial penal no município de Soledade.  A apreensão foi realizada pela equipe de Policiais de Soledade com o apoio do Grupo Tático Especial (GTE) da 23ª Delegacia Seccional (sediada em Juazeirinho).

A vítima foi Dionísio Marques Cosme. O policial foi morto em 28 de julho. 

A ação faz parte da quarta fase da Operação Rastros, criada especificamente para investigar o latrocínio contra o policial penal. Na primeira fase da operação, a Polícia Civil prendeu um investigado que estava com o telefone da vítima.

Depois, na segunda fase, mais um investigado foi capturado com o distintivo, o colete e a carteira do policial penal. “As investigações prosseguiram, e um adolescente que participou do latrocínio e estava entre nossos alvos acabou se apresentando à Polícia Civil em Campina Grande, o que nos propiciou montar a terceira etapa desse trabalho”, disse o delegado João Joaldo.

A investigação evoluiu, e nessa segunda-feira, o adolescente apontado como o autor das facadas em Dionísio Marques foi capturado. De acordo com os levantamentos, o grupo é ligado ao criminoso conhecido por ‘Pai’, que atirou contra um policial civil em agosto de 2021, no município de Cubati, durante uma diligência. Ele acabou morrendo ao entrar em confronto com a Polícia Civil, posteriormente. 

O crime 

O corpo de Dionísio Marques foi encontrado dentro de sua casa, no dia 29 de julho, com vários golpes de faca. Como ele teve objetos roubados após ser assassinado, o crime foi tipificado como latrocínio.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.