​Adolescente denuncia ter sido vítima de abuso sexual em Cajazeiras; Acusado foi preso e liberado após audiência de custódia

 Segundo a vítima, ela foi convidada para o local por uma amiga, que foi junto com as outras duas pessoas acusadas buscá-la em um carro, no dia 25 de junho.

Uma adolescente de 16 anos que reside no município de Cajazeiras, sertão do estado, denunciou em rede social ter sido vítima de um abuso sexual durante uma festa realizada no bairro dos Remédios. Segundo a vítima, ela foi convidada para o local por uma amiga, que foi junto com as outras duas pessoas acusadas buscá-la em um carro, no dia 25 de junho. 

"Ela (a amiga) me mandou mensagem no Instagram para gente sair. Eu, ela e a esposa do acusado, que já estava querendo sair comigo faz tempo". No entanto, ao chegar no veículo se deparou com o homem, que não teria falado nada até chegar na residência onde ocorreu o fato.

Uma bebida teria sido oferecida a jovem e um jogo que tinha como consequências a ingestão de bebida alcoólica ou ações de cunho sexual. Neste momento, a adolescente preferiu a primeira opção e após estar alcoolizada relata que foi levada a um quarto onde o acusado e a esposa já estariam sem roupa. 

Segundo o depoimento, logo após iniciaram-se os abusos por parte do homem com a conivência das outras mulheres, que em pouco tempo saíram do ambiente. A adolescente afirmou que o ato continuou mesmo após ela ter tentado se esquivar do acusado diversas vezes, e passar mal no quarto. Ao falar com uma das mulheres, a vítima teria sido orientada apenas a continuar. "Ela falou, mas não me perguntou se queria ir embora. Ela disse 'continua amiga, que quando ele acabar a gente vai embora", informou. 

Caso é investigado pela Polícia Civil

Conforme apurado pelo ClickPB, a situação está sendo investigada pela Delegacia da Mulher de Cajazeiras. A jovem disse que resolveu formalizar denuncia após o casal acusado ter se mudado para a vizinhança e o homem ter começado a rondar a casa. De acordo com o delegado Ilamilton Simplício, da seccional do município, "desde o primeiro momento que a adolescente procurou a delegacia da mulher de Cajazeiras para formular a denúncia, todas medidas necessárias foram tomadas de imediato pela delegacia da mulher de Cajazeiras, tanto que a delegada também representou pela prisão temporária dos envolvidos, tanto do homem quanto das duas mulheres".  Após isso, apenas o homem acusado foi preso.

Ele, que atua no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) do município, foi liberado após audiência de custódia.

Como a jovem afirmou em depoimentos e postou capturas de tela com outras possíveis vítimas do casal, há a orientação por parte da Polícia que mulheres que tenham participado ou que tenha sido vítimas de alguma forma desse casal, dirijam-se a delegacia da mulher para contribuir para o melhor esclarecimento desses fatos. O inquérito policial continua

Protesto

Um protesto está marcado para ser realizado no próximo sábado (27) em frente ao fórum de Cajazeiras, próximo a um shopping. O objetivo, segundo a organização, é pedir justiça pelo caso. Com a hashtag "JUSTIÇAPORMADU", o card diz que "a jovem foi mais uma vítima de uma quadrilha de aliciadores, através da voz dela a justiça por muitas irá vir". 

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.