RÁDIO INFORMATIVO EM FOCO

Brasileira é presa por matar marido com facada no coração, na Itália

 Edlaine Ferreira, de 36 anos, assumiu o crime durante depoimento à polícia italiana; ela alegou que sofria violência doméstica.

Edlaine Ferreira, de 36 anos, foi presa na tarde desta quarta-feira pela morte do marido Francesco Vetrioli, um transportador de 37 anos, em Bussolengo, na Itália. A brasileira confessou ter matado o companheiro a facadas nesta madrugada. Em depoimento, a mulher afirmou que os dois se casaram dia 2 de abril deste ano e que era vítima de violência doméstica.

De acordo com a imprensa italiana, a brasileira admitiu aos policiais ter dado uma facada no coração de Vetrioli e que o marido a "traía frequentemente". Após o crime, ela se entregou na delegacia de polícia da cidade situada na província italiana de Verona. O assassinato, de acordo com Edlaine, aconteceu por volta de 3h, mas a polícia está em investigação sobre a hora exata do assassinato, métodos e motivos do crime.

O vice-prefeito de Bussolengo, Giovanni Amantia, disse em entrevista à agência Ansa que quando o comandante local recebeu o caso pediu que policiais confirmassem a história e Edlaine os acompanhou até o lar do casal, onde aconteceu o assassinato.

— Por volta das 13h, foi tocada a campainha da nossa polícia local e a mulher ali contou que tinha matado o marido. Ela estava muito agitada — disse Amantia.

Policiais ouviram vizinhos que disseram nunca ter ouvido brigas e nenhuma anormalidade entre o casal que morava na região há pouco tempo. Nenhum incidente foi relatado, o que deixou a vizinhança surpresa.

No decorrer desta quarta-feira, a brasileira esteve à disposição do procurador e dos investigadores no quartel de Bussolengo. Militares da unidade do quartel de Bussolengo fizeram levantamentos na cena do crime para dar continuidade as investigações.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.