Após aparecer em evento de Bolsonaro, Pedro Cunha Lima justifica presença por obra inaugurada ter sido licitada no governo de Cássio

 Pré-candidato ao Governo do Estado pelo PSDB, deputado federal minimizou os acenos ao afirmar que encontro com presidente teve caráter institucional.

A presença do deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) na agenda do presidente Jair Bolsonaro (PL) na Paraíba ontem (5) causou polêmica no meio político do estado. Presidente estadual de uma sigla que tem pré-candidato próprio ao Palácio do Planalto, representado no nome do governador de São Paulo, João Dória, o parlamentar fez questão de ir ao município de Itatuba, Agreste paraibano, para presenciar o evento do Governo Federal.

Em entrevista para o programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, o pré-candidato a governador da Paraíba minimizou os acenos a Bolsonaro e justificou sua presença no evento do presidente devido a obra inaugurada na ocasião ter sido licitada no governo do seu pai, o ex-senador Cássio Cunha Lima. 

Em Itatuba, Bolsonaro entregou a primeira etapa do canal Vertente Litorânea, que vai receber as águas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Pedro esteve acompanhado do deputado federal Efraim Filho (União) e do prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD).

"É preciso ter essa maturidade que vai além de qualquer posição político eleitoral. Estamos buscando fortalecer sempre esse espírito, que vamos levar inclusive se chegarmos ao Governo do Estado, independentemente do presidente eleito seja A, B ou C", justificou.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.