Nilvan diz que discorda, mas respeita posição do PTB após partido retirar apoio à sua pré-candidatura ao governo: "não me compete intromissão"

 "Eu discordo, mas respeito a posição do PTB. Apenas isso. Não me compete intromissão na decisão de uma legenda ao qual não sou mais filiado", declarou Nilvan Ferreira ao ClickPB.

Após o presidente estadual do PTB retirar o apoio do partido a Nilvan Ferreira a governador da Paraíba, o pré-candidato disse que discorda, mas respeita a posição. Em entrevista ao ClickPB, nesta segunda-feira (11), Nilvan pontuou que não compete intromissão da parte dele na decisão.

"Eu discordo, mas respeito a posição do PTB. Apenas isso. Não me compete intromissão na decisão de uma legenda ao qual não sou mais filiado", declarou Nilvan Ferreira ao ClickPB.

O presidente estadual do PTB, Dedé Sales, retirou o apoio do partido à pré-candidatura de Nilvan Ferreira a governador da Paraíba. O dirigente também fez críticas ao PL, partido de Nilvan e do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo Dedé Sales, alguns pré-candidatos do PL têm apoiado pré-candidatos do PT, em alguns estados, o que tornou difícil a relação com o partido de Nilvan e de Bolsonaro.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.