RÁDIO INFORMATIVO EM FOCO

Briga generalizada em bar por causa de diferença de R$ 40 na conta termina com cliente morto

 Faca foi apreendida na cozinha do estabelecimento que fica no bairro Santa Inês.

Um homem de 39 anos morreu após uma briga generalizada entre funcionários e clientes de um bar no bairro Santa Inês, na Região Leste de Belo Horizonte, na madrugada desta sexta-feira (22). Segundo a família, a vítima é Everton Faria.

O atrito teria começado após uma diferença de R$ 40 no valor da conta. Conforme informações iniciais da Polícia Militar (PM), os policiais foram acionados na Avenida Contagem, onde teve início o tumulto.

No local, um dos garçons contou que clientes, entre eles a vítima, chegaram ao estabelecimento por volta das 20h30. Depois das 23h30, eles pediram que a conta fosse fechada, momento em que discordaram do valor. Uma das mulheres que estava no grupo exigiu que o garçom refizesse os cálculos por quatro vezes.

O trabalhador ficou indignado e disse ao dono do local que não atenderia mais a mesa. Ao escutar isso, a cliente xingou o garçom e houve um bate-boca. Em seguida, ela e outras três pessoas invadiram a parte interior do bar na tentativa de agredir o atendente. 

Socos foram trocados e uma cozinheira foi atingida por uma cadeira. Aos policiais, o dono do bar confirmou a versão apresentada pelo garçom e afirmou ter sido ameaçado de morte por um dos envolvidos no caso.

Versão dos clientes

Uma das clientes contou aos militares que o grupo, formado por cinco pessoas, percebeu a diferença na conta e começou a discutir entre os que estavam na mesa. Na versão dela, o garçom ficou impaciente e chamou o dono falando que não realizaria mais o atendimento.

Houve uma troca de xingamentos, e ela e outra mulher foram para o interior do estabelecimento, quando a discussão ficou intensa. Nenhum dos envolvidos na briga soube esclarecer como o homem foi atingido.

Ferimento por objeto cortante

Faca foi apreendida na cozinha do bar após a briga — Foto: Júlio César Santos/TV Globo

A vítima foi socorrida e encaminhada ao Hospital de Pronto Socorro João XXIII. Segundo a equipe médica informou aos policiais, o homem apresentava um corte na lateral direita do corpo entre o abdômen e o fígado feito com um objeto cortante.

Uma equipe da perícia da Polícia Civil esteve no bar e recolheu uma faca que estava na cozinha.

A reportagem do g1 Minas tenta contato com algum representante do estabelecimento.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.