Presidente do PSOL diz, na Paraiba, que Lula é melhor nome para lidar com crise e pós-pandemia no Brasil, mas defende que ter Alckmin como vice é erro

 Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta quinta-feira (24), Juliano Medeiros criticou o fato de Geraldo Alckmin ser o vice de Lula e taxou a situação como um erro.

O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, disse em entrevista na Paraíba, que Lula é o melhor nome para lidar com a crise econômica e o pós-pandemia no Brasil. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta quinta-feira (24), porém, ele criticou o fato de Geraldo Alckmin ser o vice de Lula e taxou a situação como um erro.

"Eu acho um erro [Alckmin na chapa de Lula]. Acho que o Lula pode representar uma candidatura de mudanças, pode representar um nome que ajude a tirar o Brasil dessa crise brutal que nós estamos vivendo. Não é só a fome, não é só o desemprego, não é só o aumento do preço dos combustíveis, a inflação. Nós estamos falando de um presidente [Bolsonaro] que administrou a maior tragédia da história brasileira, a pandemia do novo coronavírus, da forma que ele administrou. Os crimes do Bolsonaro estão documentados na CPI da Pandemia. Então para nós é importante acabar com esse suplício. E o melhor nome que tem condições de fazer isso é o Lula", declarou presidente nacional do PSOL, conforme apurou o ClickPB.

Ainda segundo Juliano Medeiros, "a gente concorda com tudo o que o Lula pensa? Certamente, não. Então estamos fazendo uma negociação com o Lula para que ele incorpore elementos que, para nós [do PSOL], são caros. Temas na política dele, na agenda dele que, para nós, são inegociáveis. Não vai ter adesão a Lula, vai ter uma negociação que já está em curso."

Também sobre Alckmin, Juliano disse que já se manifestou até para a direção do PT. "Acho um erro ter o Geraldo Alckmin como vice do Lula. O PSB é um partido de oposição a Bolsonaro, é um parceiro do PSOL e do PT na luta contra Bolsonaro. Não tenho nada contra o PSB ser vice do Lula. Mas por que o Geraldo Alckmin? Porque eu não vi do Geraldo Alckmin nenhuma autocrítica, até agora, das posições dele, a favor do impeachment contra Dilma, a favor da prisão do Lula, a favor da Reforma Trabalhista, Teto de Gastos... Políticas que foram desastrosas no Brasil. Então, a menos que ele faça uma autocrítica dessas posições, é sinal de que ele ainda as defende. Desse ponto de vista não vejo coerência nenhuma ele ser vice de uma chapa que tem como propósito mudar o rumo das coisas."

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.