Homem que matou ex-esposa a facadas em Patos inconformado com separação é condenado a 27 anos de prisão

 As investigações apontaram que Evani não aceitava o fim do relacionamento. O casal estava separado há dois meses. Cláudia pôs fim à relação apontando que era agredida por Evani.

Evani Lucena, acusado de matar a ex-esposa, Cláudia Gomes, de 28 anos, foi condenado a 27 anos de prisão em júri popular realizado nesta segunda-feira (14). Ele matou a ex-companheira a facadas no mês de abril de 2021, no distrito de Santa Gertrudes, em Patos, no Sertão paraibano.

As investigações apontaram que Evani não aceitava o fim do relacionamento. O casal estava separado há dois meses. Cláudia pôs fim à relação apontando que era agredida por Evani.

Na época do feminicídio, Evani fugiu e, depois, se entregou à Polícia Civil. Ele confessou ter assassinado a ex-esposa a facadas.

Evani Lucena foi condenado a 27 anos de prisão em regime fechado e foi conduzido ao Presídio Romero Nóbrega.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.