PV convida Alckmin para se filiar e pode ser opção diante de impasse do PSB com Lula

 A ideia é que, com a entrada do ex-tucano, o PV se alie ao PT na sucessão presidencial, indicando Alckmin para vice de Lula.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — O Partido Verde (PV) convidou o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin para ingressar na legenda. A ideia é que, com a entrada do ex-tucano, o PV se alie ao PT na sucessão presidencial, indicando Alckmin para vice de Lula.

Lula e Alckmin já fecharam acordo para a formação da chapa, embora ele ainda não tenha sido oficializado. A ideia é que o ex-governador se filie ao PSB, sacramentando a aliança entre socialistas e petistas.

Uma parte do PSB, no entanto, não estaria tratando Alckmin com a consideração necessária. E a entrada no PV seria uma alternativa a um possível impasse dos socialistas com o PT.

O presidente do PV de São Paulo, Roberto Tripoli, confirma o convite. "Alckmin é um homem respeitado internacionalmente, e capaz de viajar o mundo para desfazer os estragos de Bolsonaro no meio ambiente", diz ele.

Tripoli afirma ainda que o PV poderia acolher dissidentes de vários partidos que seguiriam Alckmin, inclusive os do PSDB.

"O convite ao ex-governador já foi feito. Ele nos disse que está analisando", finaliza o presidente dos verdes. O ex-presidente Lula já está sendo comunicado sobre a iniciativa.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.