RÁDIO INFORMATIVO EM FOCO

Explosão do vulcão em Tonga afeta atmosfera de São Paulo e colore céu

 Coloração diferenciada no céu acontece devido aos aerossóis produzidos após a erupção, que ocorreu no último dia 15 de janeiro.

Os efeitos da nuvem de dejetos que foi expelida na atmosfera após a erupção do vulcão submarino Hunga-Tonga, no último dia 15 de janeiro, podem ser sentidos em algumas regiões do estado de São Paulo, de acordo com o Climatempo.

Esses efeitos foram notados na coloração diferenciada do céu no amanhecer desta quarta (26) e quinta-feira (27).

A professora e pesquisadora do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP (Universidade de São Paulo), Marcia Yamasoe, explica que os aerossóis produzidos pela explosão do vulcão de Tonga já estão presentes na alta atmosfera e podem ser notados tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro e Minas Gerais.

O colorido do céu poderá ser visto ainda por várias semanas ao amanhecer e ao entardecer.

A explosão do vulcão gerou um grande tsunâmi no Pacífico Sul, que devastou a região de Tonga e teve grande impacto em outras ilhas da Oceania, como a Samoa Americana e Ilhas Fiji.

Dias depois da erupção do vulcão, a nuvem causada pela explosão ainda era tão espessa que dificultava a chegada de ajuda humanitária. A onda de choque gerada pela explosão desse vulcão atravessou o oceano e causou o derramamento de óleo na costa do Peru, o que está sendo considerado um dos mais graves acidentes ecológicos na costa peruana.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.