RÁDIO INFORMATIVO EM FOCO

Cabo Gilberto é denunciado ao Ministério Público por incentivar policiais a não trabalharem na Paraíba

 Há pouco mais de um mês, o parlamentar lidera um movimento para reduzir o efetivo nas ruas.

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL) está sendo denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por incentivar policiais militares a não trabalharem na Paraíba. Há pouco mais de um mês, o parlamentar lidera um movimento para reduzir o efetivo nas ruas. A denúncia é do ex-presidente do PSOL na Paraíba, Tárcio Teixeira.

De acordo com informações, o MPF vai investigar a suposta influencia de milícia politica na Polícia Militar na Paraíba. Nesta semana, o parlamentar já havia sido denunciado ao Ministério Público da Paraíba (MPPB) por um 'banho de sangue' programado em João Pessoa e constrangimento a PM's que recusam 'greve branca'.

“A partidarização desse movimento por parte do cabo Gilberto, mas distancia esses trabalhadores e trabalhadoras da segurança publica de alcançar os seus objetivos do que garantir os seus direitos”, relatou Tárcio Teixeira, em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM, desta quinta-feira (27).

Já Cabo Gilberto disse que está tranquilo e que a denúncia apresentada não tem base. “Não tem nenhum elemento comprobatório dessas afirmações até porque quem resolve o problema da segurança pública é o governador. Em todos os áudios que eu falo, que diz que é vazado, não tem nada de vazado, eu sustento tudo que eu falo”, informou, como acompanhado pelo ClickPB. 

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.