Três alunos desaparecem durante excursão escolar e um deles é encontrado morto em Mato Grosso

 Dois dos desaparecidos foram encontrados em uma trilha. O outro aluno foi encontrado depois de 5 horas de buscas.

Três alunos desapareceram e um deles, de 14 anos, foi encontrado morto durante uma excursão da Escola Estadual Professor Welcio Mesquita de Oliveira, no Circuito das Cachoeiras, que fica no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, nesta segunda-feira (6).

Segundo a diretora da escola, foram no passeio cerca de 60 alunos e no final do dia, durante a contagem no ônibus, foi notada a falta dos três adolescentes.

Dois deles foram encontrados na trilha e os professores acionaram o Corpo de Bombeiros para achar o outro aluno.

Escola onde menino que morreu estudava suspendeu aulas e colocou uma bandeira preta no portão — Foto: Rafael Medeiros/TVCA

De acordo com o Corpo de Bombeiros, as buscas começaram por volta de 18h30 na Cachoeira da Prainha, que seria o último lugar que os professores o viram.

Cinco bombeiros e um cão de busca participaram da operação, que durou aproximadamente 5 horas.

A equipe dos bombeiros mergulhou na cachoeira e localizou o corpo do adolescente, que estava a 3 metros de profundidade, no fundo da cachoeira.

O Corpo de Bombeiros acionou a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), a Polícia Civil e o Instituto Médico Legal (IML).

Esse foi o segundo passeio da escola este mês. Nesta terça-feira (7), uma outra turma realizaria a mesma excursão, mas foi cancelado, segundo a diretora.

Em nota, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) afirmou que tomou todas as medidas necessárias para ajudar nas buscas por Daniel e que as cachoeiras foram fechadas nesta terça-feira (7) para a investigação do caso.

Veja a nota do IcmBio na íntegra

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) informa que o corpo do estudante Daniel Hiarlly Rodrigues de Arruda foi encontrado na noite dessa segunda-feira (6) no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Ao ser declarado desaparecido pelos professores e alunos que estavam em atividade de campo na unidade, o ICMBio organizou grupos de buscas com os servidores e acionou, imediatamente, o Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso.

Todos os fatos foram comunicados às autoridades competentes, pelo Instituto, e, nesta terça-feira (7), as cachoeiras do parque seguem fechadas para as devidas investigações.

O ICMBio e toda a equipe do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães lamentam a morte do estudante Daniel. O Instituto segue à disposição da família e dos amigos para prestar todos os esclarecimentos necessários.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.