Bolsonaro visita parentes e almoça com eles na Itália: 'Gratificante'

 A recepção foi oferecida pela prefeita de Anguillara Veneta, que também entregou o título de cidadão honorário ao mandatário.

Em um almoço regado a vinho branco, com nhoque e música ao vivo, o presidente Jair Bolsonaro foi homenageado nesta segunda-feira (1º) com o título de cidadão honorário do município de Anguillara Veneta, na província de Pádua, no norte da Itália. O evento foi promovido pela prefeita da cidade, Alessandra Buoso, que é ligada ao partido Liga Norte, uma legenda de ultradireita.

Antes da entrega do título, Bolsonaro foi saudado por simpatizantes, que gritaram "mito" e receberam os cumprimentos do presidente. Houve, ainda, uma manifestação contrária à honraria entregue ao mandatário brasileiro, próximo a uma igreja da cidade. Dias antes, um grupo de ativistas chegou a pintar a fachada da prefeitura de vermelho e a escrever "Fora, Bolsonaro" nela, em protesto à concessão do título.

O presidente aproveitou para conhecer parentes – o bisavô paterno de Bolsonaro nasceu na cidade. "É uma emoção muito grande encontrar os parentes pela primeira vez aqui na Itália. É bom a gente rever as raízes, porque meus avós foram para o Brasil em busca de dias melhores, com a dificuldade que a Itália enfrentava no momento. É gratificante ser bem recebido", disse. 

No almoço, além dos familiares, fizeram companhia a Bolsonaro os ministros Paulo Guedes (Economia), Marcelo Queiroga (Saúde), Braga Netto (Defesa) e João Roma (Cidadania). O presidente aproveitou para agradecer o título de cidadão honorário e destacou a relação entre a família Bolsonaro e a Itália. 

Após o almoço, o presidente tem, na agenda, uma visita à Basílica de Santo Antônio de Pádua. A volta de Bolsonaro ao Brasil está programada para esta terça-feira (2), com chegada a Brasília na quarta (3). 

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.