Sancel
2.7.19

Ex-policial militar assassinado na PB tinha sido expulso da PM por homicídios e era chamado de X9 pelos bandidos

O ex- policial militar Geraldo Bandeira Cezar, conhecido por “Cabo Bandeira”, 59 anos, foi assassinado na manhã desta segunda-feira (1), na BR-427, no trecho da cidade de Pombal, no Sertão do estado. Segundo a PM, ele já tinha sofrido um atentado neste ano no mesmo local onde foi morto.

Ao Click PB, o delegado Clenaldo Queiroz informou que o ex-policial militar tinha sido expulso da PM por causa de homicídios praticados e era considerado ‘X-9’, pelos criminosos da região
A Polícia Militar informou que o ex-PM foi morto com cerca de seis tiros de pistola calibre .40. O crime ocorreu nas proximidades do matadouro público de Pombal.
A Polícia Civil já investiga o caso, mas até o fechamento da matéria não sabia informar qual a motivação e suspeitos do crime. A polícia investiga se os autores do homicídio são os mesmos do atentado
“Cabo Bandeira” respondia a quatro processos, sendo três por violência doméstica, na comarca de Pombal, e um por porte de arma, na comarca de Paulista. Policiais informaram que havia uma suspeita de que o ex-PM teria participação em homicídios na região.
O corpo da vítima foi levado para perícia no IML de Patos para exames de necropsia, logo em seguida será liberado para velório e sepultamento.
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Ex-policial militar assassinado na PB tinha sido expulso da PM por homicídios e era chamado de X9 pelos bandidos Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco