Sancel
16.4.19

4 perguntas que você deve se fazer antes de parar o anticoncepcional, diz médica

Conhecer melhor o corpo, aumentar a libido, regular os hormônios: além do desejo de engravidar, existem outras razões que podem levar uma mulher parar de tomar pílulas anticoncepcionais.
A decisão de cada uma deve ser respeitada, mas é preciso se planejar e tirar dúvidas antes de cortar o remédio do dia para a noite. Principalmente para aquelas que já fazem uso dele há muito tempo.

O que fazer antes de parar o anticoncepcional?

Em seu perfil no Instagram, a ginecologista Luciana Deister recomenda que a mulher faça quatro perguntinhas antes de interromper a pílula:
1. Você confia no seu médico?
Para a Dra Luciana Deister, nesta hora é fundamental contar com alguém que "apoie suas decisões e que não julgue seu direito de decidir sobre a forma como vai cuidar da sua saúde".
2. Você está preparada para o período de adaptação ao seu corpo sem pílula?
É importante ressaltar que, após a interrupção do anticoncepcional, podem surgir sintomas que variam de mulher para mulher, como "oscilações no ciclo menstrual, aumento do fluxo menstrual, presença ou aumento de cólicas menstruais, surgimento ou piora da acne, sintomas da TPM mais latentes, enxaquecas e queda de cabelo".
3. Você já pesquisou e se informou sobre métodos contraceptivos alternativos à pílula?
Se você quer parar de tomar para engravidar, este não deve ser um problema. Caso contrário, é bom começar a analisar as opções, que vão da aplicação de um DIU à boa e velha tabelinha do ciclo menstrual - atualmente, existem aplicativos que ajudam a identificar o período fértil corretamente. "Mesmo trocando o método contraceptivo, jamais esqueçam a camisinha para não serem surpreendidas com DSTs", lembra a médica.
4. Você foi diagnosticada com síndrome dos ovários policísticos?
O uso da pílula costuma ser indicado para amenizar os sintomas desta doença, caracterizada pelo aumento de hormônios masculinos nas mulheres Mas, para a ginecologista Luciana Deister, o anticoncepcional não serve como tratamento.
Segundo ela, a mulher deve se perguntar se está preparada para realmente encarar os efeitos desta síndrome, que incluem excesso de pelos, acne e obesidade: "Isso exige uma mudança no seu estilo de vida como um todo, como adotar uma alimentação adequada por nutricionista e praticar atividades físicas regularmente".
MSN
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: 4 perguntas que você deve se fazer antes de parar o anticoncepcional, diz médica Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco