Sancel
3.9.18

STJ nega habeas corpus e Fabiano Gomes continua preso em João Pessoa

A defesa do comunicador havia entrado com um pedido de habeas corpus no último dia 31 de agosto, para que ele deixasse a prisão.

Fabiano Gomes está preso desde o dia 23 de agosto na penitenciária PB-1 Foto: Divulgação
 Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou nesta segunda-feira (3) o pedido de habeas corpus da defesa do radialista Fabiano Gomes, que está preso no presídio PB-1, na região metropolitana de João Pessoa, desde o último dia 23 de agosto.
A liminar foi julgada e indeferida pelo ministro Felix Fischer, da 5ª Turma do STJ. Ele também solicitou informações e vista dos autos do processo ao Ministério Público Federal.
Fabiano havia sido preso ainda no dia 22 de agosto pela Polícia Federal. Segundo a Justiça, ele teria descumprido medidas cautelares impostas na decisão decorrente da 2ª fase da Operação Xeque Mate, que desarticulou esquemas de corrupção no município de Cabedelo, na Grande João Pessoa, no mês de abril desse ano.
O pedido de habeas corpus foi protocolado pela defesa do comunicador no último dia 31. Os advogados alegam que todas as medidas cautelares foram cumpridas por Fabiano, e por isso não haveria necessidade de manter a prisão.
No momento em que foi preso, o radialista alegou problemas de saúde, e, por esse motivo, foi encaminhado ao PB-1 e não para o presídio do Róger, ficando recolhido na enfermaria da penitenciária.
“Eu entendo que essa manutenção dele na delegacia causará transtorno ao andamento da instituição, certo. O outro lado, verificando que o senhor salientou que ele tem problemas de saúde, deixá-lo no presídio do Róger de onde seria designado para o recolhimento na condição de preso provisório poderia causar um transtorno à saúde dele e à segurança dele”, declarou o juiz Adilson Fabrício, durante a audiência de custódia de Fabiano Gomes.
O que diz a defesa
Portal T5 entrou em contato com a defesa do radialista nesta segunda-feira (3), após a decisão do STJ de negar o habeas corpus. O advogado Rembrendt Asfora informou que não vai se pronunciar sobre o caso por enquanto.
O STJ divulgou nesta segunda (3) que Fabiano Gomes teve seu habeas corpus negado / Imagem: Reprodução/STJ
Portal T5
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: STJ nega habeas corpus e Fabiano Gomes continua preso em João Pessoa Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco