Sancel
10.4.18

População reza em agradecimento após açude sangrar no Sertão

Alegria no Sertão. Chiva na terra, açudes cheios e agricultores esperançosos e já preparando a terra para o plantão, e confiantes em uma boa colheira. Um vídeo gravado por um professor mostra a emoção da população da cidade de São José de Piranhas, no Sertão paraibano, com a sangria do açude São José I, usado para o abastecimento do município. Depois de 7 anos, o reservatório voltou a sangrar com as chuvas na região. Com as mãos elevadas ao céu, os moradores rezaram juntos, agradecendo as chuvas e a nova sangria.
O açude ultrapassou a capacidade máxima no fim da manhã deste domingo (8). 
Desde 2011 que o açude não atingia mais a capacidade máxima. E com a estiagem, chegou a enfrentar fortes crises, nos últimos anos, deixando a população sem abastecimento por alguns períodos. “Era muito difícil. Sem água, teve dia que o carro-pipa abastecia a caixa d'água no bairro e dava briga, pela água”, conta Itamar.
Segundo os dados a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), o açude São José I, também conhecido popularmente como “Açude da Cagepa” tem capacidade para armazenar 3.051.125 de metros cúbicos de água. Em fevereiro deste ano, o reservatório chegou a marca de 0,7%, o que equivalia a pouco mais de 21 mil m³ de água.
PB Agora
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook
Item Reviewed: População reza em agradecimento após açude sangrar no Sertão Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco