Sancel
26.5.21

Delegado solicita imagens de circuito de câmeras de Cabaceiras para auxiliar nas investigações do envenenamento de cães e gatos

 A suspeita é de que entre 20 e 30 animais tenham sido envenenados.

O delegado Cristiano Brito, responsável pelas investigações do envenenamento de cães e gatos, no município de Cabaceiras, no Cariri paraibano, informou ao ClickPB que já solicitou imagens do circuito de câmeras da cidade. As gravações irão auxiliar na possível identificação do autor do crime que deixou vários animais mortos, na terça-feira (26). 

A suspeita é de que entre 20 e 30 animais tenham sido envenenados, mas a Prefeitura de Cabaceiras ainda está fazendo o levantamento do quantitativo de animais envenenados e de mortos. De acordo com o delegado, “a maioria conseguiu sobreviver porque chegaram a tempo em uma clínica veterinária da cidade”. 

Um inquérito policial foi instaurado e a Polícia Civil faz diligência em busca do responsável pelo crime ambiental. A pessoa que comete esse tipo de crime pode chegar a ficar presa entre 2 e 5 anos. “No ano passado, esse crime se tornou mais grave”
, explicou ao ClickPB.

O delegado disse que tem 30 dias para concluir o inquérito e pede à população que denuncie pelo Disque Denúncia 197, caso saiba informações sobre o assunto. A ligação é sigilosa. As imagens são do circuito de câmeras próprio da Prefeitura de Cabaceiras que está espalhada em toda a cidade, que é conhecida pela Roliúde Nordestina e pela Festa do Bode Rei. 

Por ClickPB

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Delegado solicita imagens de circuito de câmeras de Cabaceiras para auxiliar nas investigações do envenenamento de cães e gatos Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco