Sancel
6.4.21

Representantes da educação da Paraíba discutem situação de retorno das aulas presenciais

 Categorias dialogam sobre possibilidade de retorno das aulas presenciais.

Os representantes do segmento da Educação da Paraíba se reuniram na tarde desta terça-feira (06) com secretário de Educação, governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania) e o prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (progressistas). Eles discutiram e apresentaram suas defesas para retorno ou não das atividades presenciais no Estado diante da pandemia de Covid-19.

Estiveram presentes representantes dos sindicatos de donos de escolas particulares, de professores da rede privada e pública da Paraíba, além das universidades públicas e privadas. De acordo com o decreto municipal de João Pessoa, estão liberadas aulas presenciais apenas para os ensinos Infantil e Fundamental Anos Iniciais ou I (do 1º ao 5º) das escolas particulares, com limitação da capacidade, mas as instituições devem oferecer o ensino híbrido. Já o decreto estadual estadual determina que todos os níveis de ensino tenham aulas de forma remota até 18 de abril. 

O presidente do Sindicato das Escolas Particulares da Paraíba, Odésio Medeiros, que defende o retorno das aulas presenciais e oferecendo o sistema híbrido dos ensino infantil, fundamental e médio, informou ao ClickPB que a reunião foi para expor a situação de cada uma das categorias. "Cada um apresentou a situação, mas nada ficou definido. estamos aguardando outra reunião", comentou. 

Debate com MPPB

Já em outra reunião, a qual participaram representantes do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e Governo da Paraíba e de João Pessoa, tanto a coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Educação, Juliana Couto, quanto o promotor da área da educação na rede municipal, Luis Nicomedes de Figueiredo, defenderam a educação como atividade essencial. Eles levam em consideração não apenas os aspectos dos prejuízos pedagógicos advindos com o fechamento das escolas, mas também para o desenvolvimento geral dos alunos e pelas questões sociais envolvidas. 

Os promotores, de acordo com informações repassadas ao ClickPB, defendem que os gestores priorizem a educação como serviço essencial e para isso criem condições necessárias para a retomada do ensino presencial e híbrido, seguindo os protocolos sanitários e acompanhando a evolução desse processo. No âmbito de João Pessoa há uma ação civil pública em andamento, na qual o MPPB pede à Justiça que autorize o retorno das aula na rede pública municipal, de forma gradual e observando os protocolos de saúde para a prevenção da covid-19.

Por ClickPB

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Representantes da educação da Paraíba discutem situação de retorno das aulas presenciais Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco