Sancel
5.4.21

Após suposta falsa vacinação, Prefeitura de João Pessoa diz que idoso foi vacinado contra Covid-19 e que fará exame para contraprova

 Prefeitura de João Pessoa diz que Secom analisou as imagens e "em câmera lenta e super zoom é possível ver a movimentação do êmbolo da seringa e consequente esvaziamento da mesma".

A Prefeitura de João Pessoa informou, em nota, que vai acompanhar o paciente alvo de suposta falsa vacinação contra Covid-19, no IFPB, em Jaguaribe, no último sábado (3). Segundo a PMJP, "mesmo diante das imagens mais que esclarecedoras, a Prefeitura vai acompanhar o paciente para que após o prazo em que se espera o início da imunização, o mesmo passe por exames para comprovar a eficácia do procedimento." O Ministério Público da Paraíba (MPPB) e o Ministério Público Federal (MPF) enviaram ofício, nesta segunda-feira (5), à Secretaria de Saúde de João Pessoa para que seja apurado o caso de suposta não aplicação de dose de vacina, registrada em um vídeo que circula nas redes sociais, segundo apurou o ClickPB.


De acordo com a Prefeitura de João Pessoa, a Secretaria de Comunicação Social (Secom-JP) fez uma análise minuciosa e, "nas imagens em câmera lenta e super zoom é possível ver a movimentação do êmbolo da seringa e consequente esvaziamento da mesma, colocando um fim na dúvida sobre a imunização do paciente."

Ainda conforme a nota, enviada ao ClickPB, "é direito do imunizado e de sua família exigirem ver a seringa antes e depois da aplicação, bem como captar as imagens para posterior conferência."

MPPB e MPF

Os membros do Ministério Público estabeleceram um prazo de 72 horas para a Secretaria de Saúde de João Pessoa informar as providências adotadas. O ofício foi encaminhado pela 49ª promotora de Justiça da Capital, Jovana Tabosa, que atua na Defesa da Saúde, e pelos procuradores da República, José Guilherme Ferraz e Janaína Andrade.

O MPPB e o MPF requisitaram que sejam prestadas informações sobre o resultado das apurações realizadas sobre o caso em toda a sua plenitude, alertando para a urgente necessidade de impedir que situações desse tipo se repitam ao longo da campanha de vacinação contra o coronavírus.

Confira na íntegra a nota da Prefeitura de João Pessoa

Nota

A Prefeitura Municipal de João Pessoa informa que recebeu no início da noite do último sábado (3) imagens captadas no mesmo dia no Instituto Federal da Paraíba - IFPB de uma aplicação supostamente não concluída de vacina contra o novo coronavírus nesta Capital. Sem histórico de intercorrências desta natureza no município, após quase 140 mil doses aplicadas, iniciamos um rigoroso processo de apuração.

As imagens à primeira vista sugerem dúvida da aplicação da vacina pela rapidez com que a técnica de enfermagem faz o procedimento, baixa qualidade do vídeo e o fato de a profissional não exibir com clareza a seringa em dois momentos (antes e depois) para a pessoa que captava as imagens. Tal procedimento (exibir a seringa) é recomendado pela Direção de Imunização reiteradas vezes para impedir dúvidas.

Desde a denúncia, a Secretaria de Saúde do Município tratou de ouvir as partes envolvidas para, através de um procedimento administrativo, esclarecer dúvidas sobre a imunização ou não do paciente. A técnica responsável pela vacina é uma profissional com 13 anos de serviços prestados ao município, sem relatos de desvio de conduta na sua atuação. Também foi solicitada a Secretaria de Comunicação Social que fizesse uma análise minuciosa do vídeo e o resultado é o encaminhado em anexo a esta nota.

Nas imagens em câmera lenta e super zoom é possível ver a movimentação do êmbolo da seringa e consequente esvaziamento da mesma, colocando um fim na dúvida sobre a imunização do paciente.

Mesmo diante das imagens mais que esclarecedoras, a Prefeitura vai acompanhar o paciente para que após o prazo em que se espera o início da imunização, o mesmo passe por exames para comprovar a eficácia do procedimento.

Reiteramos que é direito do imunizado e de sua família exigirem ver a seringa antes e depois da aplicação, bem como captar as imagens para posterior conferência.

Seguiremos atentos a tais fatos, tratando os mesmos com clareza e transparência.


Por ClickPB

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Após suposta falsa vacinação, Prefeitura de João Pessoa diz que idoso foi vacinado contra Covid-19 e que fará exame para contraprova Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco