Sancel
24.12.20

Equipe Haas mantém piloto acusado de assédio sexual para temporada 2021 da F1

 

No início de dezembro, Nikita, de 21 anos, publicou um vídeo em seus stories do Instagram apalpando os seios de uma modelo sem consentimento dentro de um carro

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Haas vai manter Nikita Mazepin como piloto titular para a temporada 2021 da Fórmula 1. Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (23), a equipe confirmou que o russo acusado de assédio sexual por uma modelo formará dupla com Mick Schumacher, e que não comentará mais o caso, "tratado internamente".

"A Haas gostaria de reafirmar que Nikita Mazepin e Mick Schumacher vão formar a dupla de pilotos para a temporada 2021 da Fórmula 1. Como em comunicado anterior, as ações foram tratadas internamente e nenhum novo comentário será feito", disse a equipe.

No início de dezembro, Nikita, de 21 anos, publicou um vídeo em seus stories do Instagram apalpando os seios de uma modelo sem consentimento dentro de um carro. Na sequência, ela afasta a mão do russo e mostra o dedo do meio. Pouco tempo depois da divulgação, o vídeo foi apagado.

No Twitter, ele se desculpou. "Gostaria de pedir desculpas por minhas ações recentes, tanto em termos de meu próprio comportamento inadequado quanto pelo fato de isso ter sido postado nas redes sociais".

"Lamento a ofensa e o constrangimento que causei à Haas F1 Team. Tenho que manter um padrão mais alto como piloto de Fórmula 1 e reconheço que decepcionei a mim mesmo e a muitas pessoas. Eu prometo que vou aprender com isso", prosseguiu Mazepin.

Na época, a Haas afirmou que "não tolera o comportamento" mostrado no vídeo, mas não divulgou quais ações seriam tomadas em relação ao assédio -se limitou a afirmar que o assunto seria tratado "internamente".

Nem a Fia (Federação Internacional de Automobilismo) nem a Fórmula 1 anunciaram sanções ao piloto. Em nota, a F-1 disse apenas que iria apoiar a decisão da Haas.

POR FOLHAPRESS

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Equipe Haas mantém piloto acusado de assédio sexual para temporada 2021 da F1 Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco