Sancel
9.12.20

Delegada diz que Polícia Civil analisa imagens para identificar atirador que matou ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira

 A delegada Vanderleia Gadi informou que a Polícia Civil está investigando, mas não confirmou se houve mesmo algo relacionado a acerto de contas por dívidas ou por relação extraconjugal.

O assassinato do ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira, levantou hipóteses de acerto de contas por dívidas ou por relação extraconjugal. A delegada Vanderleia Gadi, plantonista que atendeu o caso na manhã desta quarta-feira (9), informou ao ClickPB que a Polícia Civil está investigando, mas não confirmou se houve mesmo algo relacionado às duas hipóteses levantadas. Ela relatou que ficou claro o crime de execução e que imagens estão sendo analisadas para identificação do atirador.

"Com certeza não foi um latrocínio. Essa hipótese está descartada", disse a delegada Vanderleia Gadi ao ClickPB. Expedito foi morto a tiros na manhã de hoje, no bairro de Manaíra, em João Pessoa, enquanto andava por uma calçada perto da própria residência. Um homem parou ao seu lado, de moto, e atirou, fugindo logo em seguida.

Ela contou que conversou com a família de Expedito Pereira, a qual narrou não saber se o ex-prefeito estava sofrendo ameaça, pois ele era uma pessoa muito reservada e não comentaria com os familiares.

A Polícia Civil fez a coleta de imagens das câmeras dos imóveis nas imediações e está em diligências para identificar as características da moto utilizada pelo atirador no momento do assassinato do ex-prefeito de Bayeux.

Ainda sobre as hipóteses de vingança por dívidas ou relacionamento extraconjugal, a delegada destacou ao ClickPB que, de fato, a polícia foi informada de que Expedito teve perdas financeiras nos últimos anos e tinha um relativo 'sucesso' com mulheres e que as hipóteses serão apuradas.

O celular de Expedito foi apreendido para análise e apoio às investigações.

Por ClickPB

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Delegada diz que Polícia Civil analisa imagens para identificar atirador que matou ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco