Sancel
11.11.20

Paraíba deverá zerar fila de transplantes de fígado em 2021

 Em um ano e meio já foram realizados 56 transplantes de rins, 36 de fígado, 3 de coração e 4 medula óssea. Há dez anos não se fazia um transplante de coração e nunca feito de medula óssea.

Em 2021, a expectativa é zerar a fila de transplantes de fígado na Paraíba. A informação foi dada pelo secretário de Estado da Saúde (SES-PB), Geraldo Medeiros. Segundo o gestor da pasta, atualmente há cinco pessoas aguardando por um transplantes desse órgão. Em um ano e meio já foram realizados 56 transplantes de rins, 36 de fígado, 3 de coração e 4 medula óssea. 

Geraldo Medeiros lembrou que a Paraíba ocupou o posto de pior desempenho no Brasil. "Era o pior desempenho no País em termos de doações de órgãos, tecidos e de transplantes", ressaltou em entrevista ao programa 'Arapuan Verdade', da Rádio Arapuan FM, desta quarta-feira (11).

Quando assumiu a secretaria, contou que fez algumas modificações nas coordenações da Central de Transplante de Campina Grande e de João Pessoa. "Nós tínhamos 40 funcionários na Central de transplantes de João Pessoa, 26 na Central de Transplantes de Campina Grande e com uma produtividade mínima", revelou.

Ainda de acordo com Geraldo Medeiros, o aumento no número de transplantes também se deve a um trabalho de conscientização da população sobre a importância de informar aos  familiares que quer ser doador de órgãos. O ClickPB acompanhou a entrevista do secretário, que ainda lembrou que há dez anos não se fazia um transplante de coração e que de medula óssea nunca tinha sido feito.

Por ClickPB

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Paraíba deverá zerar fila de transplantes de fígado em 2021 Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco