Sancel
24.8.20

Brasil registra 495 mortes por Covid-19 em 24 horas, mostra consórcio de imprensa

Com isso, o país chegou a 114.772 óbitos e 3.605.726 infecções desde o início da pandemia, em março.

Apresentam aumento da média móvel de mortes os estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Tocantis. (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil registrou 495 novas mortes pela Covid-19 e 23.028 casos da doença no domingo (23). Com isso, o país chegou a 114.772 óbitos e 3.605.726 infecções desde o início da pandemia, em março.
Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diretamente com as Secretarias de Saúde estaduais. O balanço é fechado diariamente às 20h.
Além dos dados diários do consórcio, a Folha de S.Paulo também mostra a chamada média móvel. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução da doença, pois atenua números isolados que fujam do padrão. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias e dividindo por sete.
De acordo com os dados coletados até as 20h, a média de mortes nos últimos sete dias é de 985, o que mantém uma posição de estabilidade nos dados, embora com números elevados.
Apresentam aumento da média móvel de mortes os estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Tocantis. Na situação oposta, Rio Grande do Norte e Sergipe estão com a variação das mortes desacelerada.
Nesta segunda (24), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participa do evento "Encontro Brasil vencendo a Covid-19" no Palácio do Planalto. A cerimônia acontece a despeito do alto patamar de mortes que o Brasil ainda registra mais de cinco meses depois do início da pandemia.
Balanço divulgado neste domingo (23) pelo Ministério da Saúde aponta 23.421 novos casos de Covid-19 confirmados nas últimas 24h. Também foram registradas 494 novas mortes no mesmo período.
O número fica abaixo do registrado na última semana, quando a média de novas mortes confirmadas, por exemplo, ficou acima de mil. A pasta costuma dizer que uma queda é esperada aos domingos e segundas-feiras, devido ao menor número de equipes em laboratórios nos finais de semana.
Com os novos dados, a soma no balanço federal já chega a 3.605.783 casos da doença, com 114.744 mortes.
A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorre em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.
CASOS NO MUNDO
Em todo o mundo, o número de mortes pelo novo coronavírus ultrapassou 800 mil, segundo relatório divulgado pela Universidade Johns Hopkins (EUA) no domingo. O total de casos passou de 23 milhões.
Mais da metade dos óbitos mundiais registrados no levantamento ocorreram em quatro países: Estados Unidos (176.659), Brasil (114.250), México (60.254) e Índia (56.706).
Em números absolutos de casos, EUA e Brasil também seguem na liderança, com mais de 5,6 milhões e 3,5 milhões, respectivamente. Índia (3 milhões), Rússia (954 mil) e África do Sul (609 mil) completam a lista dos cinco países com mais casos.

Por 

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Brasil registra 495 mortes por Covid-19 em 24 horas, mostra consórcio de imprensa Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco