Sancel
24.3.20

Covid-19: cuide-se através das “vitaminas espirituais”

No centro de uma pandemia, estamos tentando estocar vitaminas para permanecer em boa forma e não pegar o Coronavírus. Pensamos em nosso bem-estar físico e no de nossos entes queridos, e estamos certos. Mas será que também estamos pensando em nos armar espiritualmente?

Estamos monitorando a disseminação do Covid-19 em nosso território e temos o cuidado de aplicar cuidadosamente as regras básicas de higiene, como por exemplo lavar as mãos. Mas será que também estamos atentos à progressão de nossa vida espiritual? Ao espremermos laranjas no café da manhã, pensamos nas “vitaminas espirituais” que nossos corações precisam para se apaixonar por Deus? Aqui vão algumas dicas para saber onde e como encontrar essas “vitaminas”.
Na oração, Deus “recarrega nossas baterias”
Um aparelho elétrico só pode funcionar se estiver conectado na tomada ou tiver as baterias carregadas. É o mesmo para nós. Só podemos “funcionar” bem se estivermos conectados a Deus, se não esquecermos de recarregar nossas baterias. Quanto mais estivermos sobrecarregados, pressionados e cansados, mais urgente a necessidade de parar para orar. Não só de vez em quando, mas todos os dias. Não é fácil, precisamos realmente nos esforçar para parar e descarregar nosso fardo nas mãos de Deus. Todos nós já experimentamos a fadiga, que tende a nos colocar em um círculo vicioso: porque estamos cansados, tendemos a nos gastar mais ficando nervosos e desperdiçando nossa energia, o que nos deixa destruídos. A única saída é colocar tudo de volta nas mãos de Deus:
Senhor, o que importa não são meus planos,
mas o que tu desejas fazer através de mim.
Eu espero tudo em ti.
Sem ti eu não posso nada realizar.
A Palavra de Deus, um alimento essencial
Ler e meditar na Palavra de Deus não é um luxo, mas uma necessidade. As escrituras são como um pão que a Igreja, como uma mãe, nos dá um pedaço de cada dia: essa porção do pão diário é a leitura da liturgia, especialmente a da missa. Cada um de nós pode rezar com a leitura do dia.
É claro que não entendemos tudo, é claro que às vezes estamos tão cansados ou distraídos que temos a impressão de que estamos perdendo tempo lendo esses textos que estão além de nós. Mas não podemos esquecer que o Espírito Santo nunca está cansado ou distraído. E é ele quem faz a Palavra germinar em nós, é ele quem nos permite assimilá-la para que seja verdadeiramente alimento para nós.
Através dos sacramentos, Deus se entrega a nós
Será que refletimos o suficiente sobre a força dos sacramentos, em particular esses “sacramentos do dia a dia”, que são a Eucaristia e a Reconciliação? Sabemos como extrair força da fonte inesgotável que começou a fluir em nós no dia do nosso batismo? Essa fonte nunca seca, mesmo se estamos fisicamente incapazes de ter acesso aos sacramentos como a Eucaristia ou a Penitência, a graça do nosso batismo nos dá sempre o acesso a eles através do nosso desejo espiritual.
“Todo aquele que beber desta água tornará a ter sede, mas o que beber da água que eu lhe der jamais terá sede. Mas a água que eu lhe der virá a ser nele fonte de água, que jorrará até a vida eterna” (João 4, 13-14). Os sacramentos são um tesouro inesgotável, onde todos os dias encontramos o que precisamos para viver. Através deles, Deus entra em nossa carne, para nos nutrir, curar, perdoar e santificar.
Os “vírus” mais formidáveis que o Covid-19
Deus nos dá o que precisamos para crescer em seu amor. Ele nos dá incansavelmente, abundantemente. Porém, temos que estar prontos para receber. Deus sempre está diante de nós como um mendigo, ele nunca força a entrada. Portanto, cabe a nós apenas abrir a porta. Como? Podemos nos perguntar. Cuidando dos outros, compartilhando, através do perdão que abre nossos corações, ações que nos preparam para receber o dom de Deus.
A fadiga geralmente tende a nos fazer voltar para nós mesmos. Quando estamos tensos com nossas obrigações ou dificuldades, corremos o risco de não estar disponíveis o suficiente para os outros. Quando nossos ouvidos, nossos olhos, nossos corações estão fechados para nossos irmãos, Deus não pode entrar em nosso lar.
À medida que o Covid-19 se espalha pelo mundo, não devemos esquecer que todos precisamos estar “cheios de vitaminas” para resistir a outros “vírus” desagradáveis chamados desânimo, fechamento em si ou desespero. Pensemos em nos armar contra esses vírus espirituais que são os mais formidáveis, pois atacam o que é, em nós, mais precioso.
Christine Ponsard
Alateia
  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Covid-19: cuide-se através das “vitaminas espirituais” Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco