Sancel
6.11.19

PSL suspende vereadores de Santa Rita presos após viagem suspeita a Gramado e pode expulsá-los do partido

Os vereadores do PSL foram alvos da Operação Natal Luz, suspeitos de criar evento para fazer turismo no Rio Grande do Sul com outros nove parlamentares da Câmara Municipal de Santa Rita.

Os dois podem ser expulsos do PSL nos próximos dias, caso a votação na Comissão de Ética seja favorável a essa medida. (Foto: Reprodução/WhatsApp)
O PSL suspendeu os vereadores Carlos Antônio da Silva (Galego do Boa Vista) e Diocélio Ribeiro de Sousa após a prisão deles nessa terça-feira (5), na BR-101. Os dois podem ser expulsos do partido nos próximos dias, caso a votação na Comissão de Ética seja favorável a essa medida.
Os vereadores do PSL foram alvos da Operação Natal Luz, suspeitos de criar evento para fazer turismo no Rio Grande do Sul com outros nove parlamentares da Câmara Municipal de Santa Rita. O flagrante do retorno deles foi feito na madrugada de ontem. O grupo foi alvo de denúncia anônima.
O advogado e secretário geral do PSL na Paraíba, André Freitas, conversou com o ClickPB e explicou o trâmite do partido sobre o caso. Ele disse que haverá a intimação dos vereadores e prazo de cinco dias para apresentação de defesa.
Ainda conforme o advogado, o presidente estadual do PSL, Julian Lemos, convocará cinco membros e três suplentes para a Comissão de Ética, que terá um relator. Esse grupo votará se haverá a expulsão, ou não, dos vereadores da legenda.
André Freitas informou que Julian Lemos está em Brasília e que até sexta-feira deve sentar com ele na Paraíba para tratar do caso e dar andamento às etapas da análise da situação de Diocélio e Galego de Boa Vista e que todo o trâmite está de acordo com o Estatuto Nacional do PSL.
"O Estatuto Nacional do PSL confere poderes ao Presidente da legenda Estadual, para designar comissão de ética quando se identifica falta de natureza grave ou desvio ético por parte dos seus filiados, sobretudo, detentores de mandatos. Pelo regramento do conselho de ética, os representados irão ser intimados para que possa apresentar defesa no prazo de 5 dias. Após o recebimento da defesa prévia, o Presidente da Comissão de Ética irá marcar data para a sessão de instrução e julgamento. Caso o parecer do relator seja pela expulsão do representado/denunciado, é necessário os votos da maioria a absoluta dos membros do colegiado", explicou advogado e secretário geral do PSL na Paraíba, André Freitas, ao ClickPB.

Por ClickPB

  • Comentar com o Gmail
  • Comentar com o Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: PSL suspende vereadores de Santa Rita presos após viagem suspeita a Gramado e pode expulsá-los do partido Rating: 5 Reviewed By: Informativo em Foco