Walber Virgolino oferece advogado para paraibanos presos em Brasília, mas se esquiva: "não é financiar"

 Walber disse que não financia essa assessoria jurídica, mas que a iniciativa parte da Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil, apontada por ele como "uma instituição sem fins lucrativos".

O deputado estadual Walber Virgolino divulgou vídeo nas redes sociais em que oferece ajuda de advogado para a defesa de paraibanos presos nos atos terroristas realizados em Brasília, no domingo (8). Ele disse que não financia essa assessoria jurídica, mas que a iniciativa parte da Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil (OACB), apontada por ele como "uma instituição sem fins lucrativos". (confira o vídeo abaixo)

"Fui contactado pelo doutor João Alberto e ele me pediu para gravar esse vídeo e marcá-lo aqui no Instagram. Ele está em Brasília justamente para identificar os paraibanos e promover a defesa. Todo mundo tem direito a advogado e direito à defesa. O paraibano que estiver em Brasília pode contar, se quiser, com a atuação do doutor Roberto, um dos advogados que integra a Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil (OACB). É uma instituição sem fins lucrativos, criada para ajudar as pessoas, principalmente os grupos de direita, os conservadores", declarou o deputado estadual Walber, conforme apurou o ClickPB.

Ainda segundo Walber Virgolino, "isso aqui não é incentivar, não é financiar, não é estimular. Não está saindo dinheiro público de nada, não está saindo dinheiro do meu bolso, muito menos do meu mandato. As pessoas tiraram dinheiro do próprio bolso e foram a Brasília ajudar quem mais precisa. Então você que tem algum parente, que conhece alguma pessoa [presa], o Instagram do Doutor Alberto está aqui, entre em contato com ele que ele vai analisar o caso e as possibilidades jurídicas de promover a defesa."

Terroristas invadiram prédios do Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal (STF) e Palácio do Planalto, no dia 8 de janeiro de 2023, e quebraram vidros, mobiliário e outros objetos, além de rasgarem documentos e causarem danos em obras de arte.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.