Morre aos 83 anos o desembargador paraibano Antônio de Pádua Montenegro

 Desembargador tinha 83 anos e estava aposentado do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) desde 17 de outubro de 2009, após despedida em sessão solene realizada três dias antes.

Morreu, nesta sexta-feira (30), o desembargador paraibano Antônio de Pádua Montenegro. Ele tinha 83 anos e estava aposentado do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) desde 17 de outubro de 2009, após despedida em sessão solene realizada três dias antes.

A causa da morte e o local onde ele estava não foram informados.

O velório acontecerá no Parque das Acácias, no bairro José Américo, em João Pessoa, e o sepultamento será às 10h.

Perfil

Antônio de Pádua Lima Montenegro nasceu em Cuité-PB, no dia 18 de outubro de 1939. Ele é filho de João Bezerra Montenegro e de Celina de Lima Montenegro. Cursou o primário no Grupo Escolar Vidal de Negreiros na terra natal. O magistrado cursou o ginasial do Seminário Arquidiocesano da Paraíba e colegial no Liceu Paraibano. Bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal da Paraíba, formando-se no dia 18 de dezembro de 1965.

Foi funcionário público federal concursado, tendo servido nos Correios e Telégrafos e na UFPB, entre os anos de 1962 e 1967. Ingressou na Magistratura paraibana em 1967, depois de aprovado em concurso público. Foi Juiz Titular das Comarcas de Conceição e Serra Branca, Sousa, Picuí, Areia e juiz substituto das comarcas de São João do Cariri, Monteiro, Cuité, Esperança e Pirpirituba e juiz substituto da 6ª Vara Cível de Campina Grande e das 5ª e 2ª Varas Cíveis da Capital.

O desembargador Pádua foi promovido, por merecimento, a desembargador, tomando posse a 26/06/1996. Presidiu a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, 1998 e foi vice-presidente do TJ-PB, durante o biênio 1999/2000, como também diretor da Esma de 1999 a 2003.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.