Em luto por Pelé, Paraíba relembra milésimo gol feito em João Pessoa, mas com erro que consagrou Maracanã

 O ClickPB registrou os 50 anos do milésimo gol na Paraíba, celebrados no dia 14 de novembro de 2019. Em 2022, a conquista do 'gol mil' completou 53 anos.

Morreu, neste 29 de dezembro de 2022, o Rei Pelé. Ex-jogador do Santos, Pelé fez história com a marca dos mil gols. Mas há controvérsias sobre essa contagem porque, conforme levantamento, o milésimo gol aconteceu em João Pessoa, mas de forma equivocada foi contabilizado no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro. O ClickPB registrou os 50 anos do milésimo gol na Paraíba, celebrados no dia 14 de novembro de 2019. Em 2022, a conquista do 'gol mil' completou 53 anos.

O gol mil de Pelé aconteceu no Estádio Governador José Américo de Almeida, localizado na Vila Olímpica Parahyba, no Bairro dos Estados, em João Pessoa.
Depois de vários levantamentos e estudos, ficou constatado que o milésimo gol aconteceu no dia 14 de novembro de 1969 em João Pessoa, cinco dias antes do que foi feito contra o Vasco, no Maracanã.

O goleiro argentino Andrada, do Vasco, não foi o que levou o gol mil, mas sim o goleiro brasileiro Lula, do Botafogo-PB.

No intervalo do jogo, uma foto célebre marcou a história do futebol brasileiro, com o registro do gol que, na época, estava sendo computado como o de número 999 na carreira de Pelé.

Em João Pessoa, o Santos de Pelé disputava um amistoso contra o Botafogo-PB para marcar a inauguração do Estádio José Américo de Almeida. O evento foi marcado de última hora e quase não aconteceu por causa de um veto da CBD (Confederação Brasileira de Desportos), que impedia dis jogos seguidos em intervalo menor do que 72 horas.

A partida estava 2 a 0 para o Santos com gols marcados por Manoel Maria. No segundo tempo, aos 21 minutos, o ponta passou por três adversários e foi derrubado dentro da área pelo quarto-zagueiro Lando. Pelé cobrou o pênalti marcado e fez o seu milésimo gol aos 23 minutos de jogo. Entre o gol 1.000 e o gol 1.001, a semelhança foi a cobrança de pênalti.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.