Com duração de 12 minutos, queima de fogos em Copacabana será sincronizada com a música

 Para animar o público até a hora da virada, dois palcos serão montados nas areias para shows de Zeca Pagodinho, Iza e outros

Com duração de 12 minutos, a queima de fogos do Réveillon de Copacabana será sincronizada com a música. Os organizadores prometem uma apresentação com grafismos inéditos e mais tecnologia. O megaevento na zona sul do Rio deve receber um público de 2 milhões de pessoas.

A Prefeitura do Rio anunciou que os fogos serão colocados em dez balsas no mar, com um distanciamento de 25 metros entre elas. O sistema de disparo é feito por conexão via GPS.

Para animar o público até a hora da virada, dois palcos serão montados nas areias de Copacabana, onde artistas como Zeca Pagodinho, Iza e Alexandre Pires vão se apresentar.

Mais de 2.000 PMs vão participar do esquema de segurança no bairro. Neste ano, uma das novidades serão os pontos de bloqueio e de revista com detector de metal no acesso à orla. A estratégia visa evitar a entrada de armas de fogo e objetos cortantes na festa.

Além disso, o planejamento especial de trânsito no bairro começa já na sexta-feira (30), com a proibição de estacionamento na região. A orientação para quem for passar o Ano-Novo na praia de Copacabana é dar preferência ao transporte público. Os usuários do metrô precisam adquirir o cartão especial para o evento. 

O setor hoteleiro diz esperar uma ocupação de 100% nos quartos disponíveis no Rio de Janeiro na virada. De acordo com a última pesquisa da ABIH-Rio (Associação de Hotéis do Rio), a taxa de ocupação estava em quase 90%.

Haverá comemorações pela chegada de 2023 em outros nove pontos da cidade: Flamengo, ilha do Governador, Madureira, Paquetá, Guaratiba, Penha, Ramos, Sepetiba e Barra da Tijuca.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.