Cadelinha é abandonada amordaçada e muito debilitada dentro de mala em Niterói

 O caso foi registrado na 78ª DP (Fonseca). Segundo a Polícia Civil, imagens foram requisitadas para análise a fim de identificar a autoria do crime.

Uma cachorrinha de cerca de 10 anos foi encontrada presa e amordaçada dentro de uma mala de viagem na Travessa Dona Júlia, no Fonseca, em Niterói, na tarde da última terça-feira (11).

A mala estava em pé, sob um poste, como se tivesse sido jogada no lixo. Moradores estranharam que a peça estava se mexendo e abriram para ver o que era. Lá estava a cachorrinha, apelidada carinhosamente de Labradora da Mala e depois batizada de Zaira.

“Naquele dia, o lixeiro demorou para passar. Por isso foi possível resgatá-la”, lembrou a recrutadora Geovana Nascimento.

“A Zaira estava amordaçada com um lenço e envolta em um pano cheio de fezes. Deixaram a bichinha para morrer”, acrescentou a autônoma Danielle Paiva.

O veterinário Renan Souto Terra disse que o quadro de Zaira inspira cuidados. “O exame de sangue tem alterações, mas nada alarmante. Fizemos um raio-x e aguardamos o laudo.”

Quem quiser adotá-la deve procurar a veterinária, na Rua Noronha Torrezão 444, em Santa Rosa.


O caso foi registrado na 78ª DP (Fonseca). Segundo a Polícia Civil, imagens foram requisitadas para análise a fim de identificar a autoria do crime. Abandono de animais é crime, e a pena pode chegar a cinco anos de prisão.

Em 2021, a Linha Verde do Disque Denúncia registrou 953 cães desabrigados. Este ano, só entre janeiro e setembro, já são 939 queixas de abandono de cachorros — quase o número de abandonos de todo o ano passado.

O levantamento mostra que as principais causas do abandono são mudanças de endereço ou viagens e tutores que deixaram de ter condições de cuidar dos bichinhos.

SERVIÇO:
Disque Denúncia:
Telefone: (21) 2253 1177 ou 0300-253-1177
Whatsapp: (21) 98849-6099
Aplicativo: Disque Denúncia RJ

Site Portal dos Procurados

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.