TRE-PB nega pedido de tropas federais para Eleições em Pocinhos e Puxinanã

 O desembargador Leandro dos Santos, presidente do TRE-PB, revelou que durante reunião, a Polícia Federal garantiu a inclusão da cidades em suas estratégias.

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) rejeitou pedido de emprego de tropas federais nestas Eleições 2022 nas cidade de Pocinhos e Puxinanã, na região de Campina Grande. A decisão foi tomada por unanimidade durante sessão desta sexta-feira (09).

A desembargadora Maria de Fátima Bezerra Maranhão, vice-presidente e corregedora do TRE-PB, foi a relatora do pedido. Em seu voto, a desembargadora explanou que a Secretaria de Segurança da Paraíba garantiu que haverá reforço no policiamento necessário para garantir a segurança. "No momento se faz desnecessário o emprego de tropas federais no município", declarou. A desembargadora ressaltou ainda que o planejamento para a segurança do pleito é construído pela Justiça Eleitoral em conjunto com a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal.

O Ministério Público Eleitoral pediu o indeferimento do pedido de tropas federais para Pocinhos e Puxinanã. Durante a sessão, a procuradora Acácia Suassuna destacou que entende que não há justificativa para que sejam empregadas tropas federais nestas Eleições. 

O desembargador Leandro dos Santos, presidente do TRE-PB, revelou que hoje pela manhã foi feita uma reunião de planejamento para garantia de segurança nas Eleições e a Polícia Federal garantiu a inclusão da cidades em suas estratégias.


O pedido foi feito pela juíza Carmen Helen Agra de Brito, da 50ª Zona Eleitoral, e abrange o primeiro turno das eleições e, caso ocorra, um segundo turno. A juíza destacou em seu pedido que dentre as razões para a solicitação estão o "acentuado aumento do acirramento dos ânimos entre eleitores e candidatos locais; conflitos verbais entre eleitores e candidatos; significativa polarização entre os grupos políticos, beirando o limite da civilidade".

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.