Segurança de ACM Neto é morto em operação da polícia na Bahia

 Caso aconteceu na cidade de Itajuípe, onde dois estavam hospedados para agenda de campanha de ACM Neto. Policiais estavam fora do serviço militar e tiros não tiveram relação com política.

Um subtenente da Polícia Militar morreu após ser baleado na noite de terça-feira (27), na cidade de Itajuípe, no sul da Bahia. Um sargento que estava com ele também foi atingido e está internado no Hospital de Base de Itabuna, que fica a cerca de 20 km do local onde o caso aconteceu.

Os dois militares estavam hospedados em um hotel, e fariam a segurança do candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil), que tinha agenda de campanha em Coaraci, município vizinho, nesta quarta (28). Os tiros que atingiram os dois policiais não tiveram relação com a campanha política, de acordo com a Polícia Militar (PM).

Subtenente Alves morreu após ser baleado no sul da Bahia — Foto: Arquivo pessoal

A PM informou que eles foram baleados enquanto era realizada uma operação para a prisão de um investigado por tráfico de drogas, mas não deu detalhes sobre o caso, nem sobre as circunstâncias em que os agentes foram atingidos.

Outras duas pessoas também foram baleadas e a suspeita é de que elas também sejam policiais. No entanto, eles não faziam a segurança do candidato. A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) disse que, quando a ocorrência for encerrada, vai emitir uma nota sobre o caso.

A assessoria de campanha de ACM Neto cancelou toda a agenda da campanha nesta quarta. Ele se solidarizou com os familiares do subtenente Alves e desejou recuperação ao sargento D'Almeida.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.