Óleo encontrado em praias da Paraíba veio do Golfo do México e não tem relação com casos de 2019, diz Marinha

 Material teria sido descartado na água após a lavagem de tanque de navio petroleiro. As pesquisas apontaram que a origem do material é do Golfo do México

As manchas de óleo encontradas recentemente em diversas praias da Paraíba, não têm relação com os casos de derramamento verificados em 2019. A informação foi divulgada na última semana por meio do comando do 3º distrito naval, localizado no município de Natal, no Rio Grande do Norte. 

Segundo o comando, a aparição destas manchas em praias como Pitimbu e Jacarapé, na Paraíba, "caracteriza-se como um evento sem relação com o derramamento de óleo ocorrido no segundo semestre de 2019". 

As análises foram feitas de forma conjunta por laboratórios de entidades ligadas ao tema, laboratório oficial da marinha, e universidades públicas, como UFPE e UFBA. A indicação, segundo consta na nota, é que houve um novo evento onde a possibilidade é de ocorreu um novo acidente envolvendo petróleo cru. 

Este material teria sido descartado na água após a lavagem de tanque de navio petroleiro. As pesquisas apontaram que a origem do material é do Golfo do México e estava a deriva no mar há cerca de duas semanas antes de chegar as praias nordestinas. 

Amostras relacionadas com casos de 2019

A nota da Marinha destaca que, no entanto, amostras coletadas em algumas praias do estado da Bahia tiveram resultado correlacionado com os casos de 2019. "Tal fato, no entanto, não indica tratar-se de um novo derramamento, do mesmo óleo, daquele incidente. Tais amostras demonstram a existência de resíduos daquele óleo, que permaneceu nas areias das praias, ou fixado em rochas e recifes de coral próximos ao litoral, que se desprenderam por força de ventos mais fortes e de ressacas, que normalmente ocorrem na região, nessa época do ano", destaca o conteúdo. 

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.