Deltan Dallagnol diz que STF 'é a casa da mãe Joana' e 'mãe para os corruptos' em propaganda eleitoral

 "Infelizmente ela se tornou a casa da mãe Joana, uma mãe para os corruptos", afirma o ex-integrante da força-tarefa.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — O ex-procurador da Lava Jato e candidato a deputado federal pelo Podemos do Paraná Deltan Dallagnol diz, em um vídeo de campanha, que o Supremo Tribunal Federal (STF) virou "a casa da mãe Joana".

"Pessoal, essa casa até pouco tempo era conhecida como a Suprema Corte do país, e é uma casa essencial para a democracia. Mas infelizmente ela se tornou a casa da mãe Joana, uma mãe para os corruptos", afirma o ex-integrante da força-tarefa.

No vídeo, ele aparece em frente a uma imagem que exibe o edifício do tribunal. E segue: "Por aqui passou a anulação de sentenças, a soltura de corruptos, o fim da segunda instância e muito mais".

Sem citar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) diretamente, ele diz que a corte foi o local onde ocorreu "uma metamorfose de um político que passou de presidente condenado por corrupção para candidato a presidente".

No ano passado, o STF considerou o ex-ministro Sérgio Moro parcial nos processos em que atuou como juiz federal contra Lula. Com isso, foram anuladas ações dos casos tríplex, sítio de Atibaia e Instituto Lula pela Lava Jato.

Diferentes pontos levantados pela defesa do petista levaram à declaração de parcialidade, como condução coercitiva sem prévia intimação para oitiva, interceptações telefônicas do ex-presidente, familiares e advogados antes de adotadas outras medidas investigativas e divulgação de grampos.

Procurado por meio de sua assessoria, Deltan não se pronunciou.

Por 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.