Motorista que atropelou casal em João Pessoa segue preso após audiência de custódia

 Na manhã de ontem, o veículo desgovernado dirigido por ele invadiu a calçada e atropelou o casal, na Avenida Cruz das Armas.

O motorista do carro que atropelou Ednalda Silva Pontes e o marido dela, Joaquim Barbosa, ambos de 59 anos, segue preso após decisão da Justiça em audiência de custódia nesse sábado (27), em João Pessoa. Na manhã de ontem, o veículo desgovernado invadiu a calçada e atropelou o casal, na Avenida Cruz das Armas. A mulher morreu no local e o marido dela foi internado em permanece em quadro estável no Hospital de Trauma da Capital.

Juliano, de 35 anos, teria tentado fugir e foi rendido pela população até a chegada da Polícia Militar. A delegada Lídia Veloso o indiciou por homicídio doloso, quando há intenção de matar, por ter assumido o risco de dirigir embriagado.

Ednalda Silva Pontes, conhecida como Dona Flor pelos amigos, estava a caminho do trabalho no Valentina quando foi atropelada e morta na calçada da avenida onde pegaria o ônibus. O supermercado beMais lamentou a morte da funcionária. O corpo de Ednalda foi velado na igreja Assembleia de Deus de Cruz das Armas e sepultado neste domingo (28).

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.