Censo 2022 já visitou mais de 500 mil domicílios na Paraíba e contou 1,57 milhão de pessoas

 A parcela de habitantes recenseados no estado corresponde a 2,7% do total da população recenseada no Brasil.

O IBGE divulgou nesta terça-feira o 1º Balanço do Censo Demográfico 2022.  Até a última segunda-feira (29), cerca de 1,57 milhão de pessoas tinham sido recenseadas em 543,9 mil domicílios distribuídos por toda a Paraíba. No Brasil, o total da população recenseada até então era de quase 60 milhões. A operação começou no dia 1º deste mês.

A parcela de habitantes recenseados no estado corresponde a 2,7% do total da população recenseada no Brasil e a 7,4% da população recenseada no Nordeste. O sistema de acompanhamento da coleta também permite gerar pirâmides etárias parciais. Até o momento, 753.691 das pessoas contadas na Paraíba eram do sexo masculino (47,7%) e 862.162 do sexo feminino (52,3%)

“Já conseguimos observar na pirâmide parcial o envelhecimento da população, com o topo da pirâmide mais avolumado, e picos nas idades de 40 e 20 anos, conforme o esperado. Os indicadores de qualidade vêm mostrando que a informação é consistente, não há indícios de que haja sub ou sobre enumeração de alguma idade”, declarou o gerente técnico do Censo, Luciano Duarte.

Os dados parciais apontam ainda que 6.318 indígenas e 5.813 quilombolas já haviam sido recenseados. Esses números correspondem a 1,4% e a 1,5% do total de pessoas que pertencem a esses povos e comunidades tradicionais contados no país, respectivamente. 

Considerando áreas urbanas e rurais, 4.454 (48,1%) dos 9.269 setores censitários localizados na Paraíba já estavam sendo trabalhados, até o dia 29 de agosto. Essa proporção é maior do que a observada na média nacional (38,4%). Cada setor é uma unidade territorial de coleta e divulgação de dados estatísticos do Instituto. 

Em relação ao tipo de questionário, 82,4% dos domicílios (448.079) responderam ao básico, com 26 quesitos, e 16,5% (89.676) ao ampliado ou da amostra, com 77 perguntas. Nacionalmente, esses percentuais foram de 88,2% e 11,8%, respectivamente. No mesmo âmbito, o tempo mediano de preenchimento tem sido de 6 minutos para o questionário básico e de 18 minutos para o ampliado.

No estado, a maior parte dos questionários aplicados nos domicílios (99,7%), aproximadamente 542,5 mil, foi respondida de forma presencial, enquanto 428 optaram por responder pela internet e 982 por telefone.

Relatos apontam que os recenseadores têm encontrado desafios em campo, como a dificuldade para entrar em condomínios verticais e horizontais e a resistência de moradores em recebê-los. O percentual de recusas registrado na Paraíba, até então, foi de 1,1%, inferior às médias do Brasil (2,3%) e do Nordeste (1,8%). Apesar disso, a expectativa do IBGE é de que essa proporção seja reduzida até o final da operação, após a aplicação de todos os protocolos de insistência, como a distribuição de folhas de recado com o contato do recenseador, para que o morador daquele domicílio possa agendar a coleta.

Como identificar e confirmar a identidade de um recenseador?

Cada recenseador estará sempre uniformizado, com o colete do IBGE, boné do Censo, crachá de identificação e o DMC. Além disso, é possível confirmar a identidade do agente do IBGE no site Respondendo ao IBGE ou pelo telefone 0800 721 8181. O endereço eletrônico e o link constam no crachá do entrevistador, que também apresenta um QR code, que leva à área de identificação no site. Para realizar a confirmação, basta fornecer a matrícula, o RG ou CPF do recenseador.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.