RÁDIO INFORMATIVO EM FOCO

RISCOS: vítimas de acidentes de moto lideram atendimentos nos hospitais de Trauma de João Pessoa e Campina Grande

 Esse foi o tipo de atendimento que mais registrou ocorrências no local nos hospitais

De acordo com dados oficiais, o Brasil já ultrapassou a marca das 13 milhões de motocicletas nas ruas. Com esse volume de veículos circulando, é comum ouvir notícias sobre acidentes e mortes provocados por acidente envolvendo motos.  Na Paraíba, a situação não é menos alarmante e os número de pessoas feridas ou mortas nesse tipo de acidentes são altos. 

Só em 2022, por exemplo, o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa atendeu 3.779 pessoas vítimas de acidente de moto. Esse foi o tipo de atendimento que mais registrou ocorrências no local, respondendo por mais de 60% das vítimas. 

O hospital de Trauma de Campina Grande, também registra números preocupantes. Este ano já foram 3.632 pessoas atendidas vítimas de acidentes de moto, com um total de 58 mortos. A maior parte dos envolvidos em acidentes de moto são homens. Do total de óbitos este ano, 51 eram homens e apenas 7 mulheres. 

Enquanto no ano passado, o mês de janeiro liderou o ranking de ocorrências do tipo (768), esse ano, o mês de abril foi o campeão (658). No ano passado 7.343 pessoas vítimas de acidentes de moto, sendo que desse total, 114 morreram. 

Uma das orientações de especialistas em segurança no trânsito é não descuidar dos equipamentos de segurança. Usar luvas, jaqueta, calça, botas e capa de chuva, por exemplo, pode reduzir consideravelmente a chance de sofrer lesões graves. Outra dica para evitar os acidentes de moto mais comuns é ter bastante cuidado ao pilotar e evitar os pontos cegos, especialmente no caso de veículos grandes, como caminhões.

Em dias com muita chuva, o número de acidentes envolvendo motoqueiros costuma aumentar, pois as condições do tempo interferem muito na pilotagem — a visibilidade é reduzida, as pistas ficam escorregadias e a distância da frenagem aumenta, por exemplo.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.