RÁDIO INFORMATIVO EM FOCO

Polícia prende suspeito de matar casal em Santa Rita após uso de cartão de crédito e de carro das vítimas

 O homem e a mulher foram encontrados mortos em um canavial da região da Usina São João. Na época, houve especulação sobre crime passional, motivado por uma suposta traição.

A Polícia Civil prendeu, nessa quarta-feira (20), um vigilante e pastor suspeito de matar um casal em Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, no último dia 6 de julho. O homem e a mulher foram encontrados mortos em um canavial da região da Usina São João. Na época, houve especulação sobre crime passional, motivado por uma suposta traição. O delegado Alexandre Fernandes confirmou ao ClickPB, nesta quinta-feira (21), que o suspeito se apropriou de cartão de crédito de uma das vítimas e do carro do casal morto e, com isso, foi localizado pelos policiais.

Josenildo Hermínio Lopes, de 48 anos, e Rangeli Gomes, de 46 anos, foram assaltados e, em seguida, assassinados, o que caracteriza latrocínio. Os dois foram encontrados mortos como se estivessem abraçados, o que gerou repercussão sobre o assassinato deles na região.

O pastor e vigilante de cemitério da cidade disse não ter agido sozinho, o que mobilizou a Polícia Civil a procurar os demais envolvidos. Com isso, as investigações continuam.

Já o homem preso foi levado à Central de Polícia Civil de João Pessoa. Ainda não há informações do resultado de audiência de custódia do suspeito.

Por ClickPB

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.